Telegram ‘zoa’ Google e Apple usando meme brasileiro; veja

1 min de leitura
Imagem de: Telegram ‘zoa’ Google e Apple usando meme brasileiro; veja
Imagem: vfhnb12/Shutterstock
Avatar do autor

Mantendo o perfil debochado, o perfil oficial do Telegram no Twitter cometeu mais uma de suas peripécias nesta sexta-feira (20). A página citou nominalmente Google e Apple, lembrando que as empresas cobram de seus usuários o armazenamento de arquivos na nuvem.

Para brincar com as empresas e dizer que quem utiliza o app mensageiro não precisa pagar pelo armazenamento, que ainda é ilimitado, a empresa utilizou um meme brasileiro. Confira, abaixo, o momento.

O famoso gif do homem tentando segurar o riso é um clássico protagonizado pelo humorista carioca Eduardo Sterblitch. O vídeo, que saiu das fronteiras do país e viralizou mundo afora, surgiu em uma entrevista dada por Sterblitch a Jô Soares em 2016.

Apesar da brincadeira, muita gente acusou a empresa de estar mentindo, já que o serviço de nuvem dela não seria comparável ao Google Drive ou iCloud. Contudo, o perfil oficial defende que os usuários podem “armazenar qualquer mídia e documentos que desejarem usando o aplicativo e, em seguida, acessá-los de qualquer um dos seus dispositivos”.

Histórico de zoeiras

A briga entre o Telegram e concorrentes é bastante antiga. Em um dos casos que mais repercutiu, o app conseguiu “dar o troco” no WhatsApp após uma tentativa de zoeira do rival.

O próprio CEO do app, Pavel Durov, já entrou nas confusões. Em seu canal público no aplicativo, Durov chegou a dizer que os usuários de iPhone são escravos da Apple e que os sistemas da Maçã estão “presos na Idade Média”.