WhatsApp lança fotos e vídeos que desaparecem após visualização

1 min de leitura
Imagem de: WhatsApp lança fotos e vídeos que desaparecem após visualização
Imagem: WhatsApp/Divulgação
Avatar do autor

Nesta terça-feira (3), o WhatsApp lança para todos os usuários a função de fotos e vídeos que se autodestroem depois de enviados. A novidade começa a ser disponibilizada para os usuários do mensageiro ainda nesta semana. Com isso, arquivos compartilhados com outros usuários poderão ser visualizados apenas uma única vez.

O WhatsApp explica que as fotos e vídeos compartilhados com o novo recurso exibirão um ícone com o número "1", indicando que a visualização será única. Essas mensagens não podem ser encaminhadas para outros usuários, salvas ou favoritadas, mas o destinatário ainda poderá realizar capturas ou gravações de tela do conteúdo sem que o WhatsApp envie algum tipo de notificação.

WhatsApp - visualização únicaPara enviar fotos e vídeos de visualização única no WhatsApp, basta tocar no ícone do número "1" (um) na hora do envio.

Essas mídias também não ficam salvas na galeria do destinatário, o que pode auxiliar no controle de armazenamento dos celulares — ou para mensagens mais efêmeras, de fato. O mensageiro também destaca, sobre a novidade, que:

  • As mídias não poderão ser visualizadas uma segunda vez;

  • Só será possível saber se o destinatário abriu uma mídia se ele estiver com a confirmação de leitura ativada;

  • Será preciso selecionar a função sempre que for mandar uma mídia de visualização única;

  • Caso a mídia enviada não seja aberta em até 14 dias, o arquivo ficará indisponível.

Entretanto, o WhatsApp esclarece que esses arquivos de visualização única poderão ser restaurados em backup "se a mensagem com o arquivo de mídia não for aberta antes de o backup ser feito". Caso a mídia tenha sido aberta, o arquivo não será incluído no backup. A companhia também reforça que as mídias de visualização única, que contam com criptografia de ponta a ponta, "podem permanecer nos servidores do WhatsApp por algumas semanas após o envio".