Twitter pode lançar serviços por assinatura com conteúdos exclusivos

1 min de leitura
Imagem de: Twitter pode lançar serviços por assinatura com conteúdos exclusivos
Imagem: Pixabay
Avatar do autor

O Twitter está em busca de uma fonte fixa e estável de receita, além de diminuir a dependência de publicidade na plataforma. De acordo com uma reportagem da Bloomberg, isso está próximo a ser concretizado na forma de serviços de assinatura.

Segundo a reportagem, a companhia está explorando a possibilidade de vender pacotes de recursos e ferramentas extras para a rede social. Porém, esses projetos ainda estão em fases iniciais de desenvolvimento e dificilmente já salvarão as contas do Twitter em 2021.

O que entraria no pacote?

Uma das ideias em circulação, de acordo com a reportagem, seria um esquema de "gorjeta" para monetizar também certos criadores de conteúdos exclusivos, com a empresa recebendo uma faria desses pagamentos. Outra seria passar a cobrar por certos recursos de aplicativos extras, como o Tweetdeck, além de liberar recursos como opções de personalizar o perfil e até cancelar o envio de um conteúdo.

Essa última função, que atuaria para cancelar tweets com erros de digitação, por exemplo, é uma das mais pedidas pela comunidade. O próprio CEO da empresa, entretanto, já explicou o porquê de a plataforma ainda não ter implementado um botão de edição.

Em resposta à Bloomberg, um porta-voz do Twitter não confirmou que as funções citadas na reportagem façam parte de futuros pacotes, mas reforçou que a companhia de fato está em busca de formas estáveis de renda.

Twitter pode lançar serviços por assinatura com conteúdos exclusivos