Facebook pode deixar de existir na Europa

1 min de leitura
Imagem de: Facebook pode deixar de existir na Europa
Imagem: Unsplash/Reprodução
Avatar do autor

O Facebook poderá encerrar suas atividades na Europa, após um tribunal irlandês proibir preliminarmente a transferência de dados dos usuários europeus para os Estados Unidos. Caso esta decisão se mantenha, a rede social argumenta que não conseguirá manter seus serviços.

Esta mudança foi determinada pela Comissão de Proteção de Dados irlandesa, que coordena as demais comissões de proteção de dados na União Europeia. A partir da implementação desta medida, a entidade quer impedir que os dados pessoais dos cidadãos saiam do continente.

Instagram pode ser removido

a  Unsplash/Reprodução 

Segundo as declarações da empresa, este impedimento inviabilizaria seu funcionamento e, caso esta decisão seja confirmada, outros serviços também serão afetados — como o Instagram, que terá o mesmo fim.

Ainda não se sabe como tal conflito será solucionado, afinal essas redes sociais são amplamente utilizadas pelos cidadãos europeus e sua interrupção pode gerar efeitos negativos para o governo.

Facebook abre disputa legal

O Facebook se manifestou judicialmente contra a decisão do tribunal irlandês e, através de um recurso, conseguiu a suspensão da medida até que a disputa legal entre as partes se resolva.

Em sua alegação, a empresa afirmou que não teria tempo suficiente para se adaptar à decisão, uma vez que não teve conhecimento do processo. O Facebook ainda acusou o tribunal de imparcialidade, uma vez que outras empresas não serão afetadas pelo impedimento na mesma proporção.

News de tecnologia e negócios Deixei seu email aqui, e welcome to the Jungle.
Facebook pode deixar de existir na Europa