Os recentes casos de vazamento de informações pessoas de usuários do Facebook deixaram as pessoas em alerta: até onde é confiável registrar ou compartilhar dados sensíveis na internet? Segundo uma pesquisa realizada pelo Pew Research Center, que usa a rede social já mudou consideravelmente a maneira como interage com o site.

No total, 74% das pessoas tomaram alguma atitude em relação ao Facebook nos últimos 12 meses

A pesquisa foi feita com 4.594 adultos nos Estados Unidos entre os meses de maio e junho. Deles, 54% tomou providências quanto a ajustar suas configurações de privacidade no Facebook. Pior que isso, uma quantia de 42% resolveu tirar umas férias da rede social e 26% afirmaram ter deletado o aplicativo da plataforma de seus smartphones. No total, 74% das pessoas tomaram alguma atitude em relação ao Facebook nos últimos 12 meses.

Jovens mais preocupados

O estudo mostra também que os jovens estão mais ligados e mais preocupados com possíveis problemas de privacidade no Facebook: 44% dos entrevistados com idades entre 18 e 29 anos chegaram ao ponto de deletar o aplicativo da rede social em algum momento no último ano. O número cai para apenas 12% quando falamos de usuários com 65 anos ou mais.

O mesmo aconteceu no quesito mudar as configurações de privacidade do Facebook. Entre jovens de 18 a 29 anos, 64% fizeram alterações pensando em dados sensíveis, mas apenas 33% dos entrevistados com 65 anos ou mais tomaram alguma atitude a respeito disso. Quanto às acusações das redes sociais terem tendências mais liberais, isso não ficou nítido nos resultados do estudo: tanto republicanos (conservadores) quanto democratas se preocuparam igualmente em relação a seus dados publicados no Facebook.

Cupons de desconto TecMundo: