Você já deve estar careca de ver várias sugestões de perfis para seguir nas redes sociais, incluindo o Twitter. Mas uma lista de pessoas para você deixar de acompanhar é novidade. É isso que o microblog vem testando ultimamente, segundo flagrou o jornalista Matt Navarra, do site The Next Web.

“Sabemos que as pessoas querem uma Linha do Tempo mais relevante no Twitter. Uma maneira de fazer isso é deixar de seguir as pessoas com quem não há um engajamento regular. Fizemos um teste bastante limitado, apresentando contas que não se relacionam com frequência, para verificar se os usuários gostariam de deixar de acompanhá-las”, afirmou um porta-voz da plataforma ao The Verge.

A ideia até soa interessante, mas o timing não poderia ser pior. Donald Trump vem reclamando que companhias como a Google e o Twitter têm manipulado seus dados para diminuir a visibilidade dos republicanos e aumentar conotação negativa sobre sua imagem e a dos conservadores. Segundo o presidente norte-americano, a Gigante das Buscas estaria orientando os algoritmos para esconder páginas com informações positivas a seu respeito e favorecer apenas as que contêm críticas. E o mesmo estaria sendo feito com os tweets.

Trump até mesmo ameaçou atacar as gigantes da tecnologia, com supostas medidas que poderiam limitar o alcance comercial das mesmas. Embora a Casa Branca não tenha apresentado quaisquer provas para comprovar essas acusações, o experimento do Twitter soa como uma resposta ao governo — o que não seria o caso.

De qualquer forma, ainda não dá para saber se as “sugestões de unfollow” vão realmente virar um recurso e nem quando isso passaria a vigorar na plataforma.