O vício em tecnologia, mais especificamente nas redes sociais, tem se tornado um assunto preocupante nos últimos tempos. Segundo pesquisas, checamos os telefones em uma média de 47 vezes e mais de 2,42 horas por dia. Desde o início deste ano, o gerenciamento do tempo gasto nas plataformas e uma busca por “quality time” tem sido uma tendência entre as gigantes da tecnologia e agora o Facebook e o Instagram dão mais detalhes de como será o seu painel para controle de frequência.

As ferramentas foram apresentadas oficialmente nesta quarta-feira (1) e devem ser distribuídas nas próximas semanas. No Facebook, ela se chama “Your time on Facebook” e fica nas Configurações, o menu com três traços horizontais. No Instagram ele também fica nas Configurações, em “Your activity” (“Sua atividade”).

facebook

Ambas as interfaces são semelhantes e mostram um gráfico por barra com o tempo consumido em cada app nos últimos setes dias e é possível visualizar a medição diária. É possível cadastrar lembretes para avisá-lo que o limite estipulado foi alcançado e silenciar as notificações por minutos ou horas.

Experiência ainda tem resultados incertos

Todas as grandes companhias vêm sendo bastante criticadas nas últimas temporadas quando se fala em vício de uso de suas plataformas. E depois de casos como as eleições presidenciais de 2016 e do Cambridge Analytica, a discussão aumentou, até porque é justamente com nossa frequência é que as companhias monetizam os dados. Saber que isso tem acontecido de maneira inconsequente aumentou a preocupação e as próprias empresas decidiram tomar um passo à frente para melhorar sua imagem perante a sua audiência.

Em maio a Google já havia feito isso, assim como a Apple, um mês depois. Mark Zuckerberg vem usando o mantra “tempo bem gasto” e até mesmo mudou os algoritmos do Feed de Notícias, para que ele exiba mais conteúdo de parentes e amigos e menos vídeos virais e notícias.

instagram

Para os executivos, a iniciativa pode ajudar a manter o público a longo prazo e como o Facebook e Instagram andam de mãos dadas, essa seria uma maneira de também dividir o tempo de seus usuários de maneira mais equilibrada em cada rede social.  “Como CEO do Instagram, não quero que uma única pessoa use o Instagram mais do que deseja usá-lo. Essa não é minha intenção. Então, se pudermos dar às pessoas as ferramentas para controlar seu tempo, ou estar conscientes de seu tempo, acho que é um equilíbrio muito saudável”, diz Kevin Systrom.

Se as pessoas usar ou não essa ferramenta, só saberemos daqui a algumas semanas. E você, o que acha dessa novidade?

Cupons de desconto TecMundo: