As repercussões legais do escândalo envolvendo o uso de dados de usuários do Facebook pela empresa de consultoria política Cambridge Analytica ainda devem virar notícia por um bom tempo. A novidade agora é que a investigação federal do caso foi expandida para incluir também o Facebook na jogada.

Anteriormente, a investigação estava limitada à Cambridge Analytica, mas foi ampliada para tentar descobrir se o Facebook teria mentido em suas declarações oficiais emitidas quando o assunto veio à tona, informa o The Washington Post. O caso é de responsabilidade do FBI, do Departamento de Justiça dos Estados Unidos e da Comissão de Títulos e Câmbios dos EUA.

Além de analisar se as declarações foram verdadeiras, as agências federais americanas também querem saber se as respostas dadas pelo diretor da rede social Mark Zuckerberg durante seu depoimento ao Congresso foram satisfatórias. Além dessa, o Facebook é alvo de outra investigação aberta pela FTC, órgão que protege os direitos dos consumidores nos EUA.

Cupons de desconto TecMundo: