Você sabia do interesse do Facebook no universo esportivo? A relação efetiva da rede social com o esporte começou há cerca de 1 ano, ao transmitir pela primeira vez uma partida de futebol ao vivo e em alta definição. Conhecida como streaming, a prática aconteceu em 23 de abril, quando a página da jogadora norte-americana Alex Morgan disponibilizou aos seguidores a partida Orlando Pride X Houston Dash. No início, a iniciativa gerou uma audiência de 273 mil visitantes únicos; já no segundo tempo, subiu para 349 mil. Ao todo, foram mais de 40 mil interações nos comentários.

1

Com mais de 3,7 milhões de fãs virtuais, Alex era uma das atletas mais populares da plataforma. Ou seja, uma escolha justa para iniciar um novo tipo de serviço. Em seguida, a página do time de futebol carioca Fluminense também fez uma live para registrar a partida contra o litorâneo Santos.

Recentemente, uma das ações do Facebook no serviço de streaming foi a contratação de Peter Hutton. O profissional tem aproximadamente 35 anos de experiência no ramo e atualmente trabalha para a Eurosport – a maior rede europeia de TV por satélite, cabo e IPTV do segmento esportivo.

Apesar de Hutton ter sido contratado como CEO para garantir direitos esportivos globais, o anúncio será feito oficialmente depois da Olimpíada de Inverno de PyeongChang, na Coreia do Sul, pois ele estará responsável pela cobertura do evento para a Eurosport.

Ao assumir o cargo na companhia, o profissional trabalhará em parceria com Dan Reed, que hoje atua em alianças globais da rede no mundo esportivo, mas já passou por espaços televisivos da ESPN e da FOX.

De acordo com informações divulgadas no Sports Business Journal, a contratação foi feita a fim de incentivar a arrecadação de “alguns bilhões de dólares” para a aquisição de direitos de transmissões esportivas ao vivo. Um dos eventos que a rede tem em mente é a Premier League, conhecida por ser a principal competição de futebol da Inglaterra.

Chegou para ficar

Santos

streaming já é uma realidade no esporte que vem ganhando cada vez mais força no mercado. Em 2017, a rede televisiva ESPN entrou na brincadeira com o anúncio do lançamento do ESPN+. O aplicativo com comercialização prevista para o segundo trimestre deste ano será responsável por transmitir eventos esportivos ao vivo pela web. A partir do app, o usuário poderá acessar placares, assistir aos canais, bem como conferir as partidas e coberturas extras.

Por sua vez, a Netflix também decidiu investir no segmento por meio do SportFlix. Entretanto, a “Netflix dos Esportes” passou a ser investigada por causa de um suposto envolvimento com pirataria e ainda não chegou ao consumidor final.

Já em relação às redes sociais, o Facebook não é o único a realizar transmissões esportivas ao vivo e também não foi o primeiro. Antes da live da partida Orlando Pride X Houston Dash, o Twitter havia saído na frente ao fechar contrato com a NFL para a transmissão de dez partidas do Thursday Night Football. O YouTube não fica atrás e divulga uma série de conteúdos esportivos. 

Cupons de desconto TecMundo: