O Twitter vem tendo alguns obstáculos para colocar em prática as suas novas diretrizes de uso que visam combater discurso de ódio, assédio e violência na rede social. Depois da polêmica envolvendo a atriz Rose McGowan, a rede prometeu rever as suas políticas e o fez de fato, mas o texto utilizado gerava dúvidas.

Agora, visando acabar de vez (ao menos em tese) com os questionamentos, a plataforma divulga uma nova versão das regras atualizadas. A ideia é tornar o texto mais “fácil de ser aderido e compreendido”, mesmo que “os fundamentos da nossa política e a nossa abordagem não tenham mudado”, afirma o Twitter Safety em postagem no blog da empresa.

Assim, a postagem destaca as quatro maiores atualizações aplicadas às diretrizes, e elas envolvem questões sobre comportamento abusivo, autoflagelo, spam e comportamento relacionados e, por fim, imagens explícitas de violência e conteúdo adulto.

Comportamento abusivo

Em relação a isso, o Twitter ressalta que o contexto no qual uma postagem está inserido é essencial para definir se um conteúdo será removido ou não. De acordo com a companhia, serão levadas em conta questão como “se o comportamento é direcionado, se é um relato publicado e por quem e se o tweet em si é informativo e de interesse público legítimo.”

O Twitter promete dar mais detalhes sobre como funcionará a revisão de denúncias de comportamento abusivo em uma atualização separada no próximo dia 14.

Autoflagelo

O Twitter relembra o seu compromisso em combater pensamentos suicidas e congêneres ao remover postagens com conteúdos desse tipo, e o objetivo, agora, é intensificar essa prática ainda mais. “A nossa política atualizada sobre suicídio e autoflagelo deixa claro como nós a aplicamos de forma estrita e como alertamos qualquer um responsável por promover ou encorajar esse tipo de comportamento”, registra a rede social.

Spam

Quando se trata de spams e comportamentos relacionados a isso, o Twitter promete explicar melhor o conceito sobre o que considera spam e dar mais informações sobre a análise que classifica alguém como spammer. Além disso, a empresa afirma focar mais em “sinais comportamentais” do que “na precisão factual da informação” compartilhada.

Conteúdo adulto

O conteúdo direcionado ao público adulto, como publicações com pornografia e violência gráfica explícita também ganharam um reforço. A partir de agora, as novas políticas do Twitter contam com mais detalhes a respeito do que se encaixa em ambas as categorias cujas imagens aparecem borradas por padrão para todos os usuários da rede social.

Esse tema também receberá uma nova atualização em 22 de novembro, data em que a plataforma de microblog mais famosa do mundo também incluirá mais detalhes sobre diretrizes envolvendo grupos violentos, imagens de ódio e nomes de usuário abusivos. Clique aqui para conferir na íntegra as novas diretrizes de uso do Twitter.

Cupons de desconto TecMundo: