Câmera com sensor que só grava o que está na direção do único sensor? Isso está virando coisa do passado. O mercado, inclusive o brasileiro, está cada vez mais cheio de modelos de câmeras que gravam em 360º. Esse tipo de clipe é para consumo especialmente — mas não somente — via realidade virtual.

Esses dispositivos capturam tudo o que está ao redor do equipamento, permitindo que o usuário veja o conteúdo arrastando a tela com o mouse (se estiver em um PC) ou até movendo a tela do tablet ou smartphone para os lados, "descobrindo" o cenário enquanto se mexe. O YouTube e o Facebook têm dado cada vez mais destaque para vídeos em 360º.

A seguir, você conhece dicas para quem está disposto a produzir conteúdos do tipo. Selecionamos vários modelos de câmeras 360º, com diferentes faixas de preço e especificações técnicas, para você escolher a sua favorita e já sair gravando.

Modelos mais populares

1) LG 360 CAM

A LG apresentou a LG 360 CAM como parte da família de acessórios anunciados junto com o LG G5. O grande destaque dela é a possibilidade de iniciar gravações com um único toque em um botão, algo bastante interessante para quem não tem experiência na área.

Essa câmera tem três microfones, duas lentes de 13 MP e a resolução dos vídeos é de até 2K (2560x1280 pixels). Se você preferir, dá para tirar "fotos em 360º" a 13 MP. O smartphone pode ser usado como controle remoto da câmera e roda com Android 5.0 ou superior e iOS 8 ou superior.

Disponibilidade: No Brasil, ela custa R$ 1.799; nos EUA, ela sai por US$ 199,99.

2) Samsung Gear 360

Essa é a resposta da Samsung ao mercado. A Gear 360 grava vídeos em 360º usando duas lentes e tem resolução superior à da rival. A ideia é que você faça capturas para reproduzir o conteúdo depois no Gear VR, os óculos de realidade virtual da fabricante. Ela também tem a opção de só acionar uma das lentes separadamente para capturas em 180º, além de garantir edição e compartilhamento rápido por plataformas da empresa.

Os vídeos capturados são em 3840x1920 pixels, enquanto as fotos têm resolução de 25,9 MP. A certificação de impermeabilidade e resistência contra poeira e outras substâncias é IP53, o que significa que ela pode ser até uma action cam menos resistente. Você ainda pode parear a câmera com um smartphone da família Galaxy (do S6 para cima) via Bluetooth, e essa ligação só com a marca é justamente uma de suas limitações. O dispositivo pode ser usado como um controle remoto, além de facilitar a transferência de arquivos.

Disponibilidade: terá lançamento em breve no Brasil; nos EUA, o preço é US$ 349.

3) Ricoh Theta

Essa é uma das principais câmeras 360º do mercado, chegando com dois modelos. A Ricoh Theta tradicional (também chamada de m15) vem em várias cores e é a opção padrão, gravando em Full HD (1920x1080 pixels) a 15 fps. Há 4 GB de memória interna, e o design se destaca por tornar a câmera portátil e fácil de manusear.

Quem está atrás de mais potência pode optar pela Ricoh Theta S. Além de ser mais elegante, ela grava em Full HD a 30 fps, faz fotos de 14 MP e tem uma nova lente F.2.0 que amplia a entrada de luz e, consequentemente, a iluminação do conteúdo filmado. A memória sobe para 8 GB, e há maior suporte para compartilhamento de conteúdo e transmissões ao vivo.

Disponibilidade: sem lançamento oficial no Brasil; nos EUA, os preços são US$ 249,95 (Theta m15) e US$ 349,95 (Theta S).

4) Luna

A Luna se autointitula a menor câmera de 360º do mercado — e, se não for a recordista de fato, não dá para negar que ela é mesmo muito pequena. Além de ser bastante discreta, ela ainda possui um conector magnético que permite a você acoplá-la em diversos locais e superfícies, além de um tripé que não acompanha o pacote básico do produto, mas é bastante útil.

A Luna tem duas lentes olho-de-peixe com campo de visão de 190º que gravam em Full HD. A filmagem começa com um único toque no botão físico da câmera. Ela tem um corpo de alumínio bastante resistente (certificação IP67/68 de impermeabilidade) e 32 GB de armazenamento interno.

Disponibilidade: sem lançamento oficial no Brasil; nos EUA, sai por US$ 299 (envia para o Brasil com US$ 25 de frete).

5) Giroptic 360cam

A 360cam, da Giroptic, tem um design bem diferenciado. O número de sensores também é fora do comum (é ímpar: três lentes e três microfones)

A gravação de vídeo é em 2K, e fotos podem ser tiradas em até 4K. O modelo promete facilidade ao fornecer vários modos e configurações diferentes para gravações, como time-lapse ou sequência de retratos.

Disponibilidade: sem lançamento oficial no Brasil; nos EUA sai por US$ 499 (envia para o Brasil por mais US$ 40 de frete).

6) Kodak PixPro SP360 4K

Outro nome forte na área é o da Kodak, que não perdeu a oportunidade de colocar nas prateleiras um produto que grava a 360º. Como o nome já diz, a SP360 4K registra o ambiente completo em Ultra HD, além de tirar fotos com 12 MP de resolução e ter campo de visão de 235°. O design é diferenciado, quase cúbico com a lente protuberante.

Ela também é uma action cam e promete detalhe, precisão e boa iluminação. Há um bônus para quem quiser criar um vídeo especial com uma experiência imersiva em realidade virtual: usando duas SP360 4K na filmagem, é só juntar o material no software PIXPRO SP360 Stitch. Também existe suporte para controle remoto usando um app para Android e iOS.

Disponibilidade: sem lançamento oficial no Brasil; nos EUA, ela sai a partir de US$ 449.

7) Bublcam

Esse modelo meio obscuro que nasceu no Kickstarter traz maior garantia de qualidade sem deixar escapar um "pedaço" da tela a um preço não tão salgado quanto outros modelos.

Com design esférico e bastante leve (280g), ela grava em 1440x1440p (30 fps) ou 1920x1920p (15 fps), possui campo de visão de 190º e é capaz de tirar fotos em até 14 MP. A Bublcam armazena dados a partir de um micro SD e pode exibir os quatro ângulos diferentes que estão sendo filmados na mesma tela. O controle é via smartphone ou botões físicos na própria câmera.

Disponibilidade: sem lançamento oficial no Brasil; nos EUA, sai por US$ 799.

8) Vuze

A Vuze chama a atenção logo de cara pelo visual em formato de disco, com os oito sensores espalhados em uma listra em preto da estrutura. Como destaques, ela grava vídeos em 4K e 3D e promete processamento de imagem em "tempo quase real" com um app próprio.

Considerando a falta de especificações ou funções originais e o preço, ela acaba ficando em uma espécie de "limbo" entre o mercado de câmeras mais em conta e aquelas que de fato custam os olhos da cara.

Disponibiidade: sem lançamento oficial no Brasil; nos EUA, sai por US$ 799.

Modelos mais caros para profissionais

9) Nikon KeyMission 360

A tradicional fabricante de câmeras também entrou na jogada. A Nikon KeyMission 360 é um modelo com design quadrado que grava em 4K usando dois sensores: um na frente e outro atrás.

Especialmente indicado como action cam e para a prática de esportes radicais, o modelo é impermeável para até 30 metros de profunidade e resiste a poeira, pancadas e baixas temperaturas. Ele foi apresentado pela primeira vez durante a CES 2016.

Disponibilidade: ainda sem data de lançamento ou preço.

10) Sphericam 2

A Sphericam 2 garante que grava "o verdadeiro 360º" por conta dos seis conjuntos de sensores e lentes espalhados pela sua estrutura esquisita (porém criativa, funcional e original). A gravação é em 4K e 60 fps com um esquema próprio de compressão. Ao todo, são quatro microfones e suporte para seis cartões de armazenamento micro SD.

O modelo conta com entrada USB-C e até acessórios que servem como tripés para deixar a Sphericam 2 parada. Só que já avisamos: ela está longe de ser um dos modelos mais econômicos desse mercado.

Disponibilidade: sem lançamento oficial no Brasil; nos EUA, sai por US$ 2.499.

11) Nokia OZO

A OZO é a câmera profissional da Nokia para gravação em 360º e realidade virtual. São oito sensores a 30 fps e 4K, com um SSD de 500 GB para armazenar o conteúdo. Ela também garante capturar o "verdadeiro 360" e não é destinada para o mercado consumidor, mas sim para grandes produtores e executivos de Hollywood.

Outra especialidade é o monitoramento de um local ou uma paisagem: o software do aparelho exibe para você todos os ângulos de posicionamento para melhor visualização. A marca também já firmou uma parceria com ninguém menos que a Disney para fornecer a tecnologia.

Disponibilidade: sem lançamento oficial no Brasil; nos EUA, ela sai por US$ 60 mil.

Cupons de desconto TecMundo: