Atenção: o vídeo postado abaixo pode não ser adequado para reprodução em ambientes de trabalho (NSFW).

As tecnologias de interação virtual beiram hoje a revolução (entenda). Isso porque conectar pessoas separadas até mesmo por hemisférios exige não mais que alguns cliques sobre o mouse ou toques no celular. É claro que a chamada “aldeia global” cobra o seu preço: como num paradoxo, parece que as centenas de amizades registradas pelo Facebook só podem receber a devida manutenção se o usuário, sozinho e em frente a não mais que uma tela reluzente, opta por passar horas a fio curtindo e compartilhando posts.

Fato é que o futuro bate à porta, e fazer vista grossa aos avanços que afetam, sobretudo, as tecnologias de comunicação pode resultar em um tipo de “suicídio digital”.

E como uma das manifestações mais radicais de todo esse cenário de desencantamento tecnológico estão os óculos de realidade virtual (RV). Jogatina em tempo real com direito a interação com cenários e a exploração de pontos turísticos do mundo todo a partir do sofá são algumas das possibilidades inauguradas por gadgets como Oculus Rift, Google Glass e Project Morpheus, é verdade.

RV e mercado pornográfico

No entanto, outro segmento do entretenimento tem também se mostrado apaixonado pelos novos serviços que podem ser prestados por óculos de RV. Estamos falando do mercado pornográfico, que, sozinho, abarca nada menos que 30% de todo o tráfego da internet mundial. “[Essa revolução] está acontecendo incrivelmente rápido, mais rápido do que qualquer um podia imaginar”, comenta Ian Paul, diretor de TI do Naughty America, um dos sites de conteúdo adulto mais populares do mundo.

Surpresa!

De acordo com o executivo, a adoção das novas tecnologias de realidade virtual pode acontecer de uma forma ainda mais explosiva que a implementação dos smartphones no cotidiano das pessoas. Prova disso é o novo formato de negócios da Naughty America. Segundo Paul, as vendas de conteúdo pornográfico dedicado aos óculos de RV já correspondem a 5% de toda a produção de material adulto da empresa.

E na prática?

Vídeos que demonstram o potencial da tecnologia de imersão quando aliada a conteúdos adultos existem aos montes internet afora (saiba mais). Mas, desta vez, Raymond Wong, analista de produtos do Mashable, foi quem colocou a proposta da Naughty America à prova durante a CES 2016. “Tudo fica na minha frente. Se eu olhar para trás, a tela fica escura”, comenta o jornalista durante o teste.

“Isso tudo foi um pouco... Intenso. Tem mais?!”, brinca o rapaz ao final da exaustiva demonstração.

Teste você mesmo

  • O download dos vídeos que admitem interação com óculos de RV pode ser feito a partir do site Naughty America (clique aqui). 
  • A experiência é compatível com Oculus Rift, Samsung Gear VR e Google Cardboard (que pode ser comprado no Mercado Livre por cerca de R$ 22).

...

A quais outras aplicações os óculos de RV poderiam ser destinados? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: