Por mais que muitos rumores indiquem que nosso tão esperado Pokémon GO esteja realmente perto de chegar, a verdade, por enquanto, é uma só: o game ainda não está disponível para os jogadores aqui do Brasil.

Enquanto algo assim definitivamente é desanimador para os aspirantes a mestre pokémon, isso não quer dizer que não há outras opções interessantes para quem deseja sair por aí para explorar e testar o mundo da realidade aumentada com a ajuda de seu smartphone. Uma tonelada de games e apps interessantes já está por aí trabalhando com essa ideia.

Assim, para ajudar você a conhecer um pouco mais sobre esse mercado (e ainda ajudá-lo a aguentar a tristeza de não ter Pokémon GO em seu smartphone), trouxemos hoje uma lista de aplicativos interessantes que exploram conceitos semelhantes ao do aclamado game da Niantic. Confira a lista logo abaixo.

Clandestine Anomaly

Plataformas: Android e iOS

Para começar, trazemos um game que se destaca por combinar diversos elementos de jogabilidade em uma só experiência. Isso porque Candestine Anomaly é um jogo que une os clássicos jogos de tower defense com realidade aumentada, em que você deve proteger a humanidade de uma horda de alienígenas que estão invadindo a Terra com a ajuda de armas supertecnológicas também vindas do espaço.

Tudo isso, por sua vez, ocorre em uma mudança constante dos pontos de vista. Em boa parte do tempo, você deve simplesmente usar a tela de seu smartphone para ativar torres defensivas; em outros momentos, porém, é necessário usar a câmera de seu celular para mirar e atacar diretamente os inimigos mais difíceis (o que também envolve se mover constantemente para facilitar o ataque ao seu alvo).

Vale notar, por fim, que Clandestine Anomaly pode ser jogado tanto ao ar livre quanto em casa, visto que o game usa a posição de onde você começa a missão como referência. Além disso, você pode delimitar a área de cada missão manualmente – assim o jogador não corre risco de entrar em áreas perigosas como lagos e rios ou locais de acesso restrito.

Geocaching

Plataformas: Android e iOS

De todos os games da lista, Geocaching é o único que ultrapassa a barreira da realidade aumentada e dá alguns passos dentro do mundo real. O título pode ser resumido a uma “caça ao tesouro” em que você e outros jogadores devem explorar seus arredores em busca de um geocache – basicamente, um cofre cheio de coisas deixadas por outros jogadores.

Usar o aplicativo é bastante fácil. Depois de se cadastrar, você pode simplesmente selecionar um dos mais de 2 milhões de geocaches espalhados pelo mundo e seguir o mapa de acordo com as instruções do aplicativo. Mas é bom ficar atento, porque esses cofres não apenas vêm em todas as formas e tamanhos, como também podem estar muito bem escondidos e até disfarçados de outros objetos à sua volta.

Ingress

Plataformas: Android e iOS

Nossa lista não poderia ficar completa, é claro, sem o game da Niantic que serviu como base para Pokémon GO. Ingress coloca você em uma guerra secreta entre duas facções que tiveram acesso a tecnologias capazes de haquear e controlar a mente das pessoas. Nesse jogo, cada pessoa pode escolher se juntar aos Iluminados – aqueles determinados a usar esse poder – ou à Resistência – que deseja defender as pessoas desse controle.

Independente do lado escolhido, Ingress pode ser resumido a uma enorme disputa de territórios entre ambas as equipes. Para isso, você e outras pessoas devem encontrar estátuas, construções famosas e outros pontos turísticos de sua cidade (basicamente qualquer coisa que viraria um PokéStop ou um Ginásio em Pokémon GO) para tomar seu controle, ao mesmo tempo em que defende essas áreas da equipe inimiga.

É aí que entra um dos pontos fortes de Ingress: o trabalho em equipe. Uma vez que temos apenas duas facções, você e seus amigos podem se unir para derrubar verdadeiros bastiões dominados pelo inimigo ou mesmo criar áreas de domínio gigantescas. Apenas se lembre de que seus adversários podem fazer o mesmo.

Parallel Kingdom

Plataformas: Android e iOS

Seguindo uma ideia semelhante à de Ingress, Parallel Kingdom transforma o jogador no herói de uma disputa constante entre territórios. A diferença aqui, no entanto, é que você escolhe com quem se aliar ou se vai seguir sozinho, e não apenas proteger uma facção.

Outro ponto extremamente importante dessa aventura é que Parallel Kingdom conta com um enorme número de elementos de MMORPGs. Você pode, por exemplo, se equipar com todo o tipo de armas, conseguir itens raros e aprender novas habilidades, além de subir níveis derrotando inimigos que podem ser encontrados por sua vizinhança.

Isso tudo é apenas uma pequena porção da experiência de Parallel Kingdom. Você pode também explorar dungeons, tomar territórios e construir verdadeiros impérios, interagir com outros jogadores e muito mais.

SpecTrek Light

Plataformas: Android

SpecTrek Light é o game da lista que provavelmente tem a base mais próxima da de Pokémon GO. A diferença é que, no lugar de capturar monstrinhos, você deve encontrar e caçar pequenos fantasmas, indo até onde eles estão no mapa e então usando seu celular para mirar e atirar, exterminando-os.

A ideia pode parecer simples, mas o game se torna bastante competitivo com várias pessoas: ele conta com modos de jogo que dão a você diferentes prazos para tentar matar o maior número de fantasmas que puder. Ganha quem acabar com mais deles.

The Walk

Plataformas: Android e iOS

O último item de nossa lista não é exatamente um jogo, mas uma mistura curiosa entre um livro virtual e um pedômetro. The Walk conta uma história de suspense em que você é o protagonista, em uma jornada para salvar o mundo após uma bomba mandar a estação Inverness pelos ares.

E onde entra a parte da jogatina? Simples: para chegar ao final da história, você tem que andar um bocado – 800 quilômetros, mais exatamente. Essa distância é marcada de acordo com o número de passos dados durante seu dia a dia, e novos capítulos da trama são revelados sempre que o jogador alcança distâncias específicas. A ideia, com isso, é que você acabe se exercitando cada vez mais para descobrir o desfecho de todo o suspense.

.....

Obviamente, como muitos de vocês já devem imaginar, esses não são nem de longe os únicos games que oferecem uma experiência diferente de realidade aumentada. Assim, terminamos com uma pergunta para nossos leitores: que outros jogos de realidade aumentada ou que usam mapas reais vocês acham que ficaram de fora de nossa lista? Deixem suas sugestões em nossos comentários.