Você já ouviu falar de LTE Direct? A tecnologia de transmissão já está sendo desenvolvida há vários anos e aos poucos está começando a fazer parte do nosso dia a dia. A ideia é ter um ecossistema conectado o tempo todo.

Ao passar por uma rua, uma pizzaria poderá reconhecer o seu perfil e indicar aquele sabor que mais lhe agrada, por exemplo. O mundo em torno de você criará vida e passará a interagir mais, oferecendo serviços e oportunidades relevantes e de acordo com o seu perfil.

Durante o Qualcomm Uplinq 2014, que ocorreu em São Francisco, um painel especial reuniu algumas figuras importantes da indústria de tecnologia para comentar sobre o futuro e como o LTE Direct pode mudar a forma como nós interagimos com o mundo à nossa volta.

As vantagens do LTE Direct são grandes, principalmente se comparado com outros sistemas de localização, como o GPS. Isso porque o LTE Direct pode se comunicar diretamente com outros aparelhos e pontos de acesso, inclusive em locais internos. A distância de comunicação também pode ser de até 500 metros, ou seja, maior que de outras tecnologias, como o Bluetooth e o WiFi.

O sistema já apresenta muitas vantagens, mas atualmente o foco do desenvolvimento está em aperfeiçoar o gerenciamento de energia para fazer com que seja interessante manter o LTE Direct ativado o tempo todo. Outro obstáculo a ser superado é a questão da privacidade: como garantir que sujeitos mal-intencionados não tenham acesso às suas informações é algo que ainda precisa ser desenvolvido.

Sem problemas de conexão em meio às multidões

Quem apresentou um exemplo prático de uso do sistema foi Roman Kalantari, diretor da Creative Solutions. Segundo ele, seu escritório principal fica no centro de Nova York, um local que tem milhares de pessoas circulando diariamente.

A cidade fica ainda mais cheia em épocas especiais, como na comemoração de ano novo, que acontece em Times Square. Kalantari garante que o LTE Direct pode mostrar o seu poder em ocasiões como essa. Um dos pontos principais é que não é preciso conectar os celules em uma rede WiFi, por exemplo. Também não será preciso se preocupar com a infraestrutura de dados, já que ela será formada pelas próprias pessoas do lugar.

Como se trata de uma data especial, muitos dos presentes no evento são turistas. Com isso, o comércio local pode indicar serviços adequados diretamente para os interessados, como passeios, hospedagem ou restaurantes. Desconhecidos terão a possibilidade de encontrar interesses em comum e até mesmo compartilhar experiências em grupo, tudo com a ajuda do LTE Direct.

Liquidação inversa: a promoção que vai até você

Outra vantagem do sistema citada no evento foi a chamada “Inverted Flash Sale”, ou em tradução simples “Liquidação Inversa”. Isso significa que uma pessoa pode estar andando pela rua sem necessariamente estar buscando por algum produto, mas, através do LTE Direct, a loja poderá lançar uma oferta especial para esse cliente de acordo com as suas preferências.

Nesse modo de compra, não é o cliente que vai em busca das promoções, são as promoções que procuram os clientes e aproveitam as oportunidades. Isso permitirá a priorização de recursos tanto do lado do vendedor quanto do cliente: o primeiro não vai gastar em anúncios para quem não interessa, e o segundo não precisará sair em busca do que precisa comprar.

O estádio mais conectado do mundo

Ryan Montoya, vice-presidente de inovação e tecnologia do Sacramento Kings, citou outros exemplos práticos e mostrou como já está implantando o LTE Direct no novo estádio do time americano de basquete.

De acordo com Montoya, a empresa é sempre uma das primeiras a investir em tecnologia e já demonstrou isso trazendo o Google Glass, aceitando Bitcoins e até mesmo permitindo drones dentro dos jogos. E o LTE Direct é mais um passo nessa direção. Segundo ele, a ideia é que o novo estádio do Sacramento Kings seja o mais moderno e conectado do mundo.

Ao entrar no estádio, os torcedores poderão encontrar oportunidades em todos os cantos. Além de produtos à venda, pessoas com interesses em comum (além do time, é claro) poderão compartilhar experiências e até mesmo participar de mini games durante as partidas, interagindo entre eles e o estádio.

A ideia é fazer do local um perfeito ambiente para a interação social, algo diferente de tudo o que já foi feito antes. Tudo isso para unir os torcedores e o time e tornar a paixão pela equipe cada vez maior.

Notícias da sua vizinhança direto no seu celular

Beverly Harrison, diretora de mobilidade do Yahoo, também esteve presente no painel e discutiu alguns projetos que já estão em desenvolvimento na empresa. Um dos são as notícias inteligente e “hiper local”. De acordo com Harrison, o sistema pode reconhecer o seu local exato e mandar notícias relevantes. Para fazer isso, o banco de dados do Yahoo reúne informações com base no perfil do usuário.

Isso significa que você pode viajar, se hospedar na casa de um amigo e receber notícias da cidade e até mesmo do bairro específico em que você se encontra. Acontecimentos, oportunidades e tudo mais o que acontecer na vizinhança são ótimos exemplos disso. E só é possível oferecer isso conhecendo bem a personalidade do usuário.

Tem um filho em alguma escola próxima? Talvez receber notícias dessa escola especificamente seja muito mais interessante do que receber notícias genéricas sobre educação. E tudo isso em tempo real, assim que você chega em novos lugares.

Isso também pode permitir às pessoas aproveitar mais passeios e viagens. Em vez de pegar um guia e visitar locais que não são muito do seu interesse, talvez um sistema inteligente possa oferecer opções mais de acordo com o seu perfil, tudo isso levando em conta o seu tempo disponível e outras informações que um sistema genérico de dados não poderia oferecer.

Em vez de pesquisar por “locais próximos”, você receberia um alerta: “você tem quatro horas antes do seu voo, que tal conhecer essa pequena livraria na rua de baixo antes de ir para o aeroporto?”

Imagine que você vai ao Cristo Redentor: o sistema pode avisar qual é o ponto mais utilizado em fotos, ou alguma curiosidade específica de algum ponto em questão. Essa informação pode ser utilizada para encadear novos eventos: “gostou da foto aqui? ok, vá para outro lugar, lá pessoas conseguem tirar fotos ótimas”.

.....

O "sexto sentido digital", que é como a empresa se refere à tecnologia, não deve demorar a chegar ao mercado. De acordo com a Qualcomm, a maioria dos chipsets Snapdragon presentes no mercado hoje em dia já é compatível com o sistema, e esse número só deve aumentar.

O TecMundo viajou para São Francisco a convite da Qualcomm.

Cupons de desconto TecMundo: