Vazamento mostra chip Intel Alder Lake batendo Apple M1 Max

1 min de leitura
Imagem de: Vazamento mostra chip Intel Alder Lake batendo Apple M1 Max
Imagem: Yuuki_AnS/Wccftech/Reprodução
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Conhecido como Alder Lake, a 12ª geração de processadores Intel chegará ao mercado no 1º trimestre de 2022, mas ainda não temos muitos detalhes oficiais sobre a família de chips. No entanto, um recente vazamento revelou o impressionante desempenho do novo modelo de CPUs para notebooks.

Conforme os resultados publicados no Geekbench, o Intel Core i9-12900HK supera o Apple M1 Max, o chip do novo MacBook Pro. Por se tratar de um vazamento antes do lançamento oficial, é importante tratar as informações com cautela.

CPU Alter Lake revela desempenho impressionante no Geekbench.CPU Alter Lake revela desempenho impressionante no Geekbench.Fonte:  Geekbench/Wccftech/Reprodução 

O Geekbench mostra que a CPU i9-12900HK atingiu 1.851 pontos no teste single-core. Comparado com o M1 Max, que obteve 1.785 no mesmo teste, o processador da Intel é quase 4% mais rápido do que o modelo da Apple.

Enquanto isso, na avaliação multinúcleos, o chip Alter Lake teve a pontuação de 13.256. Novamente, uma vitória de 4% em comparação ao desempenho do modelo da empresa de Cupertino (12.753).

Vale citar que o novo processador high-end da Intel terá 14 núcleos com 20 threads. Isso significa que o modelo vai trabalhar com 6 núcleos de desempenho (para 12 threads) e 8 núcleos de eficiência (que não possuem hyper-threading).

Intel revelou recentemente as primeiras imagens da CPU Alder Lake.Intel revelou recentemente as primeiras imagens da CPU Alder Lake.Fonte:  Gregory M. Bryant/Videocardz/Reprodução 

Excelente opção para notebooks

Embora os resultados sejam impressionantes, os dados de desempenho do processador 12900HK devem ser revistos após o lançamento. Contudo, superar a Apple em ambos os testes é uma incrível vitória para a Intel.

Por outro lado, a Maçã oferece melhor eficiência no consumo de energia. Aparentemente, as CPUs Alder Lake usam a cobertura de energia de 65W, enquanto o M1 Max trabalha com 30W (sem ativar o "Modo Turbo" no MacBook Pro de 16 polegadas).

Portanto, a Intel ainda tem um longo caminho para ajustar o consumo de energia. Entretanto, os analistas acreditam que a geração Alder Lake deve causar maior impacto no mercado do que os atuais Tiger Lake.