Intel baixa preços de CPUs de servidores para brigar com AMD

1 min de leitura
Imagem de: Intel baixa preços de CPUs de servidores para brigar com AMD
Imagem: Intel Newsroom
Avatar do autor

Enfrentando uma competição acirrada com a AMD no mercado de servidores, a Intel está supostamente baixando os preços de seus processadores nesse segmento, embora o movimento seja mais uma estratégia para atrair clientes de sua principal concorrente. A estimativa de participação da AMD no mercado de chips para servidores é de 9,5% neste ano, o que representa 4% a mais do que em 2020.

A AMD fez avanços importantes no mercado de CPUs para servidores no ano passado, indicando forte demanda por seus chips. Uma das principais distribuidoras de workstations, a Puget Systems, divulgou um impressionante crescimento da participação da AMD entre seus clientes, que teria subido de 5% em junho de 2020, para 60% atualmente.

No entanto, a empresa passa por restrições de fornecimento que estão impedindo que ela dê conta de toda a demanda do setor, o que tem levado alguns operadores de datacenter de computação em nuvem a considerar um retorno ao Time Azul. Isso tem ocorrido porque grandes empresas que pretendam alterar sua estrutura de servidor não podem simplesmente esperar que os chips AMD estejam disponíveis.

As vantagens da Intel

Fonte: Wikimedia Commons/ReproduçãoFonte: Wikimedia Commons/ReproduçãoFonte:  Wikimedia Commons 

Apesar de alguns relatórios acenarem com uma relativa normalização nas entregas de CPUs da AMD, mesmo assim a empresa continua levando algumas desvantagens em relação à concorrente, ainda mais em um cenário de flexibilização de preços. A primeira delas é o tamanho, pois, diferentemente da Intel, que possui mais fontes de receita, a AMD não tem instalações próprias para fabricar os seus revolucionários chips Zen.

A Intel, por sua vez, é uma fabricante de dispositivos integrados, capaz de projetar e fabricar os seus semicondutores. Isso significa que a empresa consegue alavancar sua integração vertical, dentro de uma cadeia de suprimentos gerenciada e própria que permite flexibilizar receitas para ajustar o preço final.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.