A história da realme, a jovem e ousada fabricante da China

1 min de leitura
Patrocinado
Imagem de: A história da realme, a jovem e ousada fabricante da China
Imagem: realme
Avatar do autor

A série de História da Tecnologia do TecMundo no YouTube contou a trajetória de uma fabricante de smartphones que é muito jovem, mas sonha alto e em pouco tempo já conquistou um lugar entre as gigantes mais tradicionais da indústria.

É a realme, uma marca chinesa que começou como uma subsidiária da Oppo, mas alçou voos independentes oficialmente em 2018 e já conta com um catálogo bastante variado de aparelhos.

Ela desembarcou em janeiro deste ano aqui no Brasil com celulares e outros eletrônicos, além da promessa de trazer ainda mais produtos para o país. Ela atualmente comercializa por aqui os smartphones realme 7, realme 7 pro e realme 7 5G, além do smartwatch realme Watch S e os fones de ouvido realme Buds Q.

Atualmente a sétima maior fornecedora de smartphones do mundo, a realme é a empresa que mais rápido atingiu a marca de 50 milhões de smartphones vendidos globalmente — marca conquistada em apenas nove trimestres. Presente em 61 regiões, a fabricante já chegou ao top 5 em 14 delas.