NVIDIA quer trazer tecnologia das GPUs RTX para notebooks ARM

1 min de leitura
Imagem de: NVIDIA quer trazer tecnologia das GPUs RTX para notebooks ARM
Avatar do autor

Durante a NVIDIA GTC 2021, Jensen Huang anunciou que a companhia está procurando parceiros da indústria para tornar sua tecnologia gráfica mais acessível. Em especial, o CEO quer trazer as GPU GeForce RTX para os processadores baseados em ARM.

O executivo revelou a parceria com a MediaTek para criar um sistema de referência e com suporte para kits de desenvolvimento do Chromium e da própria NVIDIA. Segundo ele, essa combinação poderá entregar excelentes PCs e notebooks.

NVIDIA quer expandir o ecossistema ARM além do mobile.NVIDIA quer expandir o ecossistema ARM além do mobile.Fonte:  Digital Trends/Reprodução 

Apesar de não revelar detalhes sobre o processador, é possível imaginar o Chromebook de última geração com uma placa de vídeo da NVIDIA com tecnologia ray-tracing. Algo que seria bastante surpreendente considerando a eficiência energética da arquitetura ARM.

Rick Tsai, CEO da MediaTek, falou sobre a parceria em um breve comunicado. O executivo disse estar ansioso para ver as tecnologias das duas empresas trabalhando juntas e, assim, oferecer o poder das GPUs para jogos e criação de conteúdo em PCs ARM.

A aceleração da GPU será um grande impulso para todo o ecossistema ARM. Com mais potência gráfica direcionada aos processadores, os usuários terão mais jogos e aplicativos criativos em mais dispositivos, sistemas operacionais e formatos.

Grace será o primeiro chip ARM da NVIDIA voltado para data centers.Grace será o primeiro chip ARM da NVIDIA voltado para data centers.Fonte:  NVIDIA/Divulgação 

NVIDIA de olho no mercado ARM

Querendo conquistar espaço no mercado de processadores ARM, a NVIDIA segue os passos da rival AMD. Anteriormente, a marca fez uma parceria com a Samsung para aplicar a tecnologia gráfica Radeon ao processador baseado em ARM Exynos.

Ao mesmo tempo, as movimentações da NVIDIA e da AMD podem interromper o legado da Intel no setor de processadores. Lembrando que a Apple deixou a companhia e desenvolveu o chip M1 para Mac acoplados com a própria solução gráfica.

Durante o NVIDIA GTC 2021, a NVIDIA também anunciou o processador para supercomputadores Grace. Baseado em ARM, essa será a primeira CPU da marca voltada para data centers.