Os problemas que forçaram a Niantic a interromper a distribuição de Pokémon Go parecem ter finalmente acabado. Isso porque o app foi disponibilizado no último sábado (16) para um total de 26 novos países, segundo um anúncio feito na fanpage oficial do game no Facebook.

Quem esperava ver o nome de nosso país na lista, porém, vai se decepcionar. Os países da vez a receberem o game são apenas da Europa, sendo eles os seguintes: Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Estónia, Finlândia, Grécia, Groenlândia, Holanda, Hungria, Irlanda, Islândia, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Noruega, Polónia, República Checa, Roménia, Suécia e Suíça.

A região não foi a única a receber suporte ao game de monstrinhos nos últimos dias, já que, no dia seguinte (17), tivemos o anúncio de que Pokémon Go estava disponível no Canadá. Antes disso, contudo, o jogo havia chegado a outros dos maiores países europeus – entre eles, Alemanha, Reino Unido, Itália, Espanha e Portugal.

Derrubando o game

É importante notar que as boas novas para o público europeu não vieram sem mais uma dose de problemas para o game. Pouco depois que o título chegou a todos esses países, Pokémon Go passou por alguns problemas de estabilidade em seus servidores, que deixaram o título novamente indisponível para várias pessoas durante o último fim de semana.

É aí que vem a parte mais complicada de toda a história: pouco depois do problema surgir, um grupo hacker intitulado OurMine afirmou que isso foi resultado de um ataque DDoS de autoria deles. Segundo o site TechCrunch, a equipe teria feito isso com o intuito de chamar a atenção da Niantic para uma série de falhas de segurança no app, e afirmou que não vai parar até que a desenvolvedora entre em contato com eles para lidar com esses problemas.

Obviamente, como tudo não poderia deixar de ficar mais complicado, outro grupo hacker chamado PoodleCorp também clamou a autoria da queda dos servidores – estes também através de um ataque DDoS.

A Niantic Labs, por outro lado, afirma que tudo foi resultado apenas da adição dos vários países, se resumindo a dizer que os problemas a causarem as falhas nos servidores foram identificados e que tudo foi corrigido. Seja isso apenas um problema causado por trazer uma enxurrada de jogadores ou por um ataque hacker (ou mesmo tudo isso junto), ao menos parece que o público lá fora vai poder voltar a jogar.

Já aqui no Brasil, como falamos anteriormente, é bom ter muita paciência...

Via TecMundo Games.

Cupons de desconto TecMundo: