Após invadir as contas de personalidades como Mark Zuckerberg e Sundar Pichai, o grupo OurMine voltou seus olhos para Jack Dorsey, CEO do Twitter. Durante a madrugada do último sábado (9), o executivo perdeu temporariamente o controle de sua conta no serviço que ele mesmo tem a responsabilidade de administrar.

O grupo usou a contar de Dorsey para publicar um link para seu site e uma mensagem em que afirma que estava “testando a sua segurança” — no caso, a do Twitter. Os hackers também publicaram diversas vezes um vídeo do Vine, cujo acesso foi bloqueado, mas não a tempo de veículos como o Engadget registrarem imagens do ocorrido.

Mensagem publicada pelo grupo responsável pela invasão

Até o momento, não estão claros quais foram os métodos usados pelos hackers para invadir a conta do CEO. No mês passado, o Twitter tomou a iniciativa de bloquear diversas contas após milhares de senhas terem vazado na internet por causa de problemas de segurança em serviços conectados à rede social.

A maior probabilidade é que a conta de Jack Dorsey tenha sido invadida graças a dados obtidos a partir desse método. A recomendação do serviço é que você mude sua senha caso tenha usado sua conta do Twitter para se logar em algum site ou usar algum recurso, evitando assim ser vítima de hackers.

Cupons de desconto TecMundo: