Galaxy Nexus pode ter que sair do mercado. (Fonte da imagem: Divulgação/Google)

A Apple venceu uma disputa judicial contra o smartphone Galaxy Nexus, aparelho projetado pela Google e fabricado pela Samsung. Em decisão preliminar, a juíza Lucy Koh declarou que é provável que a empresa da Maçã seja capaz de provar no tribunal que o Galaxy Nexus viola quatro patentes da Apple, embora a liminar se baseie apenas em uma patente específica, que abrange os recursos de voz e pesquisa.

A liminar estabelece ainda uma multa de US$ 95,6 milhões para a Samsung, a fabricante do produto. A empresa sul-coreana recorreu da decisão e uma nova audiência for marcada para a próxima segunda-feira (02). Na última semana, outra decisão suspendeu as vendas do Samsung Galaxy Tab 10,1.

Apple prejudicada

“Não é coincidência que os mais recentes produtos da Samsung se parecem muito com o iPhone e o iPad, desde o hardware até a interface de usuário e a embalagem do produto. Este tipo de cópia descarada está errado e nós precisamos proteger a propriedade intelectual da Apple quando as companhias roubam as nossas ideias”, destacou um porta-voz da companhia.

Já a Google demonstrou desapontamento com os rumos do processo. “ Estamos desapontados com essa decisão, mas acreditamos que o resultado correto ainda virá à tona”, destacou o porta-voz da gigante de Mountain View.

Com relação ‘a patente 604, a juíza Lucy Koh escreveu o seguinte em sua decisão: “Mesmo aceitando o argumento da Samsung de que o aspecto de reconhecimento de voz Siri contribui para o interesse do consumidor do iPhone 4S, a Apple demonstrou que o recurso 604, patenteado pela companhia, é essencial para o funcionamento do serviço” explica a magistrada.

“Embora a Samsung seja necessariamente prejudicada com a obrigação de ter que retirar o seu produto do mercado, o prejuízo enfrentado pela Apple é maior caso as vendas não sejam interrompidas”, completou Koh.

Cupons de desconto TecMundo: