O mês de maio de 2015 teve um balanço muito positivo para o Overclocking brasileiro. Depois de anunciada pela Liga Mundial a volta do Brasileiro Ronaldo “rbuass” Buassali na Computex 2015, evento que aconteceu em Taiwan no início do mês, com a triunfal quebra de recorde no benchmark oficial Fire Strike Ultra, a força do brasileiro do TecLab parece não ter mais fim.

Na ocasião, ele nos explicou sobre a sua determinação pelos testes 3D por serem de um nível altíssimo, e relatou que continuariam sua busca para a liderança também na edição mais importante de todas, o Fire Strike Extreme. Logo na semana que sucedeu o evento, ele voltou com fantásticos índices que culminaram com o resultado tão esperado, assumindo a liderança no 3DMark para single GPU (uma placa de vídeo).

Mas ele não pararia por aí. Acompanhado de seu companheiro Jacson “bros” Schenckel, mais uma vez, eles trouxeram para o Brasil o título que faltava, o longo e pesado Unigine Heaven Xtreme, “correndo” o teste com uma de suas Zombies, feita da poderosa GeForce GTX Titan X, a mais de 2000 Mhz.

“O Unigine Heaven Xtreme tem um valor muito especial para mim, pois foi o benchmark que me deu o título do Master Overclocking Arena Free Style. Naquela ocasião, relatei mesmo antes de viajar para competir, que o teste era meu principal foco pois na batalha clássica não haviam possibilidades de quebras de recordes. Consegui no mesmo evento, quebrar o recorde por 5 vezes e foi um dia inesquecível para mim. Agora, mais uma vez estamos na posição mais alta da categoria 3D, com 3 recordes mundiais e também excelentes resultados no 3Dmark Fire Strike Performance e no 3DMark 11, ambos entre os 3 melhores do mundo”, explica Ronaldo.

Se você gostaria de perguntar algo a ele, participe do grupo do Facebook (basta clicar em participar), e também do canal do TecLab no YouTube.

Cupons de desconto TecMundo: