A placa de vídeo é certamente a peça mais valorizada pelos gamers e entusiastas que gostam de brincar com o hardware do computador e levar o desempenho ao extremo.

Também, não é para menos, já que a GPU tem um poder de processamento absurdo e pode ter facilmente sua performance melhorada com uma série de truques realizadas tanto via software quanto através de modificações no hardware.

Uma das mais curiosas alterações neste componente é o processo de “zumbificação”, que consiste, basicamente, na substituição do sistema de alimentação do produto. Através da remoção de alguns indutores e resistores, bem como com a instalação de novos itens, você pode ter controle total sobre a GPU e fazer proezas inacreditáveis com sua placa.

Neste vídeo, o pessoal do TecLab, mais um parceiro da network do Grupo NZN, mostra um passo a passo sobre este procedimento inusitado. Para exemplificar, Ronaldo “rbuass” Buassali e seu braço direito Jackson “bros” Schenkel mostram como criar uma zombie a partir de uma GeForce GTX TITAN X.

Vale ressaltar que não nos responsabilizamos por tentativas realizadas por quem deseja seguir os procedimentos. Eles devem ser executados com extrema cautela e, aos que forem se arriscar, recomendamos que os experimentos sejam feitos com placas mais baratas, já que o nível de complexidade é menor e o risco de prejuízo reduz consideravelmente.

Abaixo, a lista de procedimentos:

1. Desmontagem do cooler original;

2. Proteção da placa contra acidentes e respingos de solda;

3. Remoção dos indutores da GPU (bobinas);

4. Troca e edição de BIOS (Basic Input Output System) para impedir quedas de frames em condições de extrema temperatura;

5. Fechamento dos fusos para quebra de limites (demanda de corrente);

6. Remoção dos resistores de controle (SMD) das tensões (memória, GPU e PLL) e substituição por trimpots (trimmer potentiometers – resistores variáveis) para controle da tensão aplicada;

7. Colocação dos pontos de leitura de tensão (memória, GPU e PLL);

10. Corte da trilha do PowerGood (pin 3), do CI PWM, para desativação de fases originais;

11. Raspagem do PCB para aumento de áreas de contato (+ positivo e terra);

12. Ligação de uma Power Board (placa de alimentação),com grande quantidade de cabos e chapas metálicas (positivo e terra em abundância);

13. Confecção e ligação de painel de controle para ajuste e leitura de tensões.

Então, o que achou do vídeo? É algo que poucos ensinam de forma tão clara na web, então vale aproveitar todas as dicas para aprende rum pouco mais. Aos interessados, vale participar do grupo Extreme PCs & Overclocking, no Facebook, onde o pessoal do TecLab realiza debates sobre o assunto.

Se você quiser ver mais vídeos do TecLab, acesse www.youtube.com/user/mrrbuass.

Cupons de desconto TecMundo: