Buassali se apresenta em alguns dias na BGS (Fonte da imagem: Dilvulgação/Ronaldo Buassali)

O brasileiro Ronaldo Buassali foi um dos grandes nomes do Master Overclocking Arena, a mais importante competição de overclocking do mundo. Ele bateu seu recorde por cinco vezes na categoria estilo livre (Freestyle). O resultado que levou o Brasil ao ponto mais alto do pódio em Taipei foi medido pelo Unigine Heaven, um benchmark para testes processamento em 3D, marcando 1700 Mhz para a GPU de uma GTX Titan e 1930 Mhz para os 6 GB de RAM da placa. Os números são considerados incríveis para o campeonato no modo livre.

A categoria em que Buassali venceu requer não apenas a maior pontuação nos testes, mas também a quebra do recorde mundial atual. Isso, entretanto, não parece ter sido um problema para o competidor, que passou a marca antiga diversas vezes e ficou com o título de melhor overclocker do mundo no estilo livre.

Buassali vai levar para casa como prêmio US$ 2,5 mil e uma série de equipamentos de hardware das patrocinadoras do evento, como MSI e Corsair. Essa última fabricante, inclusive, dá o nome a equipe brasileira que viajou para a competição. “Quem compete um mundial de overclocking não o faz por dinheiro e nem pelas peças, mas pelo prestígio de ser reconhecido em uma comunidade que considera importante e claro, também por representar o Brasil em algo que não seja no futebol ou carnaval”, comentou o campeão ao Tecmundo.

Buassali ainda agradeceu aos colegas de equipe que estiveram com ele em Taipei e convida os amantes de overclocking a presenciar sua apresentação na Brasil Game Show, que acontece entre os dias 26 e 29 deste mês.

Este artigo foi produzido com informações do overclocker Ronaldo Buassali.

Cupons de desconto TecMundo: