A NVIDIA pode estar de fato trabalhando em um SHIELD 2. Fato é que, apesar de não ter confirmado o nome do aparelho, a companhia diz estar preparando “um novo e incrível produto para jogatina que deverá ser lançado em breve”. As informações são do portal BBC. Demonstrado durante a conferência da Google voltada a desenvolvedores deste ano, o chip Tegra K1 promete levar às plataformas móveis a intensidade gráfica de PCs. Também de acordo com o site BBC, a NVIDIA vai disponibilizar o acessório para dispositivos Android com porta HDMI – o que deverá permitir a transmissão de jogos de PC para televisores.

Vale dizer que estas especulações entram em consonância com rumores tornados públicos ainda em março deste ano: a partir do software de benchmarks AnTuTu, o hardware da segunda geração do suposto SHIELD equipado com o Android KitKat foi exibido; um processador Tegra K1 e uma GPU GeForce Kepler com 192 núcleos foram, na época, alguns dos componentes mencionados. Desta vez, as peças citadas vêm novamente à tona: “O aparelho será capaz de rodar jogos para Android através do novo chip Tegra K1”.

Concorrência

Além de possibilitar a transmissão de jogos a televisores via conexão HDMI, o aparelho poderá ser “turbinado” a partir do emparelhamento de seu hardware junto a cartões gráficos de computadores. Este novo e dinâmico recurso deverá fazer com que dois grandes movimentos sejam notados pela indústria dos jogos: as promissoras Steam Machines vão dar de cara com um poderoso concorrente e jogadores hardcore vão enxergar a jogatina via mobiles de outro modo.

Segundo especula Nick Parker, analista da companhia Parker Consulting, a intenção da NVIDIA é provocar as fabricantes de mobiles. “A empresa pode não estar tão interessada na quantidade de vendas deste novo aparelho, mas sim na resposta por parte do mercado”, palpita Parker. Oferecer aos consumidores uma plataforma capaz de prover a experiência de imersão provocada por computadores e, ao mesmo tempo, fazer com que seja possível utilizar o aparelho como uma interface independente parecem ser as apostas da NVIDIA.

“O PS Vita oferece a melhor experiência de jogo em aparelhos móveis da atualidade, e os jogos para o console portátil da Sony são ‘legais’, mas não são os melhores”, comenta ainda o analista da Parker Consulting. Estimativas apontam que jogadores abaixo de determinada idade ficam mais satisfeitos ao estabelecer uma plataforma móvel como dispositivo padrão para games; significa também que a NVIDIA pode almejar implantar seu ecossistema em smartphones e tablets – interfaces estas tidas como o futuro do entretenimento virtual. 

Cupons de desconto TecMundo: