Bugatti é vendida para a startup de carros elétricos Rimac

1 min de leitura
Imagem de: Bugatti é vendida para a startup de carros elétricos Rimac
Imagem: Bugatti/Divulgação
Avatar do autor

A startup croata de carros elétricos Rimac anunciou nesta segunda-feira (5) a aquisição da montadora francesa Bugatti, que pertencia ao Grupo Volkswagen. Com o negócio, que ainda precisa ser aprovado pelas autoridades antitruste, a centenária fabricante de superesportivos passa a ser controlada pela joint venture Bugatti Rimac.

A nova empresa, cujas ações serão divididas entre a Rimac Automobili (55%) e a Porsche (45%), ficará sediada em Zagreb, na Croácia, tendo como líder o CEO da marca croata, Mate Rimac. As duas montadoras manterão suas sedes atuais, por enquanto, e continuarão funcionando como marcas separadas.

Os carros de ambas as marcas serão produzidos pela Bugatti Rimac, unindo a "forte experiência da Bugatti no negócio de carros hiperesportivos com a tremenda força inovadora da Rimac no campo da mobilidade elétrica”, segundo o presidente do conselho executivo da Porsche Oliver Blume. As operações estão previstas para começar no quarto trimestre.

A nova montadora produzirá os hipercarros das duas marcas.A nova montadora produzirá os hipercarros das duas marcas.Fonte:  Rimac/Divulgação 

Para o fundador da startup, o acordo é um marco na curta história da empresa. “Nem posso começar a dizer o quão animado estou com o potencial dessas duas marcas combinando conhecimento, tecnologias e valores para criar alguns projetos verdadeiramente especiais no futuro”, argumentou o executivo da nova montadora.

Hipercarro elétrico da Bugatti em pauta

Inicialmente, a joint venture que acabou de ser anunciada deve se dedicar a dois projetos. Um deles é o Bugatti Chiron, com seu motor W16 de 1.500 cv de potência e 420 km/h de velocidade máxima, enquanto o outro é o Rimac Nevera, um hipercarro elétrico com propulsor de 1.914 cv, capaz de rodar 500 km com uma carga.

Mas os projetos futuros da nova montadora devem incluir um aguardado hipercarro elétrico da Bugatti, desenvolvido com a tecnologia da startup. Ainda não há mais informações sobre os planos da Bugatti Rimac, mas rumores apontam também para o desenvolvimento de novos superesportivos híbridos trazendo o emblema da tradicional marca francesa.

Bugatti é vendida para a startup de carros elétricos Rimac