Nissan estaria trabalhando em caminhonete elétrica Titan

1 min de leitura
Imagem de: Nissan estaria trabalhando em caminhonete elétrica Titan
Imagem: Nissan/Reprodução
Avatar do autor

A Nissan pode introduzir sua primeira caminhonete Titan elétrica no mercado em breve. Fontes próximas da montadora revelaram que a companhia dialoga com a Hercules Electric Vehicles, uma startup que desenvolveu a caminhonete elétrica Hercules Alpha, de Detroit, Estados Unidos, a fim de desenvolver um novo veículo elétrico.

Pessoas próximas da fabricante revelaram à Bloomberg que a montadora japonesa discute ativamente com a startup Hercules para adquirir uma de suas tecnologias para picapes elétricas. O acordo estaria sendo feito sob sigilo, e a Nissan teria oferecido componentes de seus veículos à startup norte-americana em troca do projeto.

A notícia ganha relevância devido ao histórico de negociações de fabricantes de veículos tradicionais com startups há pouco tempo no mercado. No ano passado, a Ford fechou acordo com a startup Rivian, esta fundada nos Estados Unidos em 2009, para adicionar a plataforma “flexible skateboard” em um veículo não revelado na época. O mesmo aconteceu entre a General Motors e a Nikola Corp., que calhou na saída do fundador da startup após acusações de fraude.

Primeira caminhonete oriunda dessa negociação só deve aparecer nos próximos anos.Primeira caminhonete oriunda dessa negociação só deve aparecer nos próximos anos.Fonte:  Nissan/Reprodução 

Ainda é cedo para entender como o mercado de caminhonetes elétricas funcionará. Os veículos mais avançados na linha de desenvolvimento parecem ser o Rivian R1T e o Tesla Cybertruck, mas pouco se sabe sobre quão competitivo será o setor. Ainda assim, Elon Musk já se mostrou surpreso com a demanda expressiva pelo poderoso carro elétrico.

Quando anunciado, o Hummer EV da GM chacoalhou o setor e sua variante “Edition 1” esgotou em cerca de 10 minutos, como apontou o site MotorTrend. No caso da Rivian R1T, os veículos disponibilizados na pré-venda foram todos adquiridos dentro de uma semana.

Considerando números de pré-venda de outros veículos, também dá para notar que há, pelo menos, uma grande expectativa pelas picape elétricas. Se ela for devidamente correspondida, pode ser facilmente convertida em demanda e uma enorme base de consumidores que procura adquirir uma caminhonete elétrica.