Lucid Air terá o 'carregamento mais rápido entre os elétricos'

1 min de leitura
Imagem de: Lucid Air terá o 'carregamento mais rápido entre os elétricos'
Imagem: Lucid Motors/Divulgação
Avatar do autor

A Lucid Motors divulgou, nesta quarta-feira (19), mais detalhes a respeito do seu novo sedã Air, cujo lançamento está previsto para setembro. De acordo com a montadora, o modelo será o “carro elétrico de carregamento mais rápido já oferecido”.

Concorrente de veículos da Tesla e outras marcas que investem no segmento, o Lucid Air quer se destacar, entre outras coisas, pela rapidez na hora de carregar a sua bateria. Conforme os dados da empresa, ele terá uma taxa de carregamento de 32 km a cada minuto.

Em tese, tal capacidade seria o suficiente para dar ao sedã uma autonomia de 482 km com apenas 20 minutos plugado à tomada. Porém, esse desempenho só é alcançado se o proprietário usar um carregador ultrarrápido de 900v, com carga máxima de até 300 kW, que a companhia pretende instalar em 2 mil estações de carregamento rápido, em parceria com a Electrify America.

O luxuoso sedã promete concorrer com os carros da Tesla.O luxuoso sedã promete concorrer com os carros da Tesla.Fonte:  Lucid Motors/Divulgação 

O modelo contará também com um carregador de bordo de 19,2 kW, que poderá ser usado na falta do modelo mais rápido, cuja capacidade de carga é de 128 km a cada hora. A título de comparação, o Supercharger V3 utilizado pelos carros da Tesla disponibiliza uma carga máxima de 250 kW. Com ele, a taxa de carregamento chega a até 24 km a cada minuto.

Autonomia também será recorde

Na semana passada, a fabricante americana já havia revelado que o Air terá a maior autonomia entre os carros elétricos lançados até o momento. Os testes da montadora indicaram a capacidade de rodar 832 km com uma única carga.

Com este resultado, ele supera o Tesla Model S, que na versão Long Range Plus, alcança 646,9 km de autonomia.

O lançamento do sedã de luxo Lucid Air está programado para o dia 9 de setembro, nos Estados Unidos.

Lucid Air terá o 'carregamento mais rápido entre os elétricos'