Um acidente envolvendo um carro autônomo da Waymo (empresa irmã da Google) aconteceu na cidade de Chandler, EUA, na tarde desta sexta-feira (04). Apenas o ocupante do veículo da Waymo sofreu ferimentos, mas, de acordo com autoridades locais, não se trata de nada grave.

O carro da Waymo não foi o causador da batida

Apesar de estar envolvido no acidente, o carro da Waymo não foi o causador da batida. Um Honda que tentava desviar de outro carro invadiu a pista pela qual trafegava a minivan autônoma e bateu em uma de suas laterais.

A polícia da cidade em que ocorreu o acidente diz que está investigando a batida, mas descreveu que a causa do acidente foi de fato o Honda tentando evitar outra colisão. A Waymo ainda não se pronunciou oficialmente acerca do ocorrido.

É interessante destacar ainda que o CEO da empresa de carros autônomos, John Krafcik, chegou a criticar publicamente o Uber quando um carro autônomo da concorrente mantou um pedestre em outra batida no interior dos EUA. Esse acidente fatal ocorreu em março, e a Uber parou de testar seus veículos nas ruas até que as causas do acidente sejam mais apuradas.