Thor: 10 diferenças entre a versão do MCU e da mitologia nórdica

Imagem de: Thor: 10 diferenças entre a versão do MCU e da mitologia nórdica
Imagem: Marvel Studios/Reprodução

A franquia de Thor dentro do MCU tem uma inspiração muito clara: os quadrinhos e a mitologia nórdica. Com o quarto filme do herói chegando aos cinemas nos próximos dias, os fãs devem conhecer novos deuses.

Pensando nisso, separamos algumas diferenças entre a história contada nos filmes da Marvel e da mitologia. Confira!

Diferenças entre Thor do MCU e da mitologia nórdica

10. Loki não é bem família

Loki não é irmão de Thor  Marvel Studios/Reprodução 

No MCU, Loki é o irmão adotivo de Thor. Contudo, nas histórias originais, Loki não tem uma relação familiar com nenhum deles. Odin teve seis filhos, incluindo o próprio Thor e Baldur, esse último foi morto por Loki, o que causou a prisão do Deus da Trapaça.

9. Thor tem mais que um martelo

Thor tem outro acessório?  
 

Apesar de ser um dos heróis mais poderosos do MCU, Thor é disparado o mais forte da mitologia nórdica. Na história original, além do icônico martelo Mjolnir, o Deus do Trovão também tem um cinto de força que dobra o seu poder.

8. Loki tem filhos

Loki é pai  Marvel Studios/Reprodução 

Em Thor: Ragnarok a gente descobre que Thor e Loki tem uma irmã, a poderosa Hela. Na mitologia, a história é completamente diferente. Hela não é irmã de Loki e, sim, sua filha.

Inclusive, o Deus da Trapaça tem outros filhos, incluindo Fenrir, o lobo. Segundo a lenda, no Ragnarok, Fenrir correrá pelo mundo com sua boca devorando do céu ao chão.

7. Frigga é mais do que uma mãe

a  Marvel Studios/Reprodução 

Na franquia da Marvel, Frigga é lembrada pelo seu papel de mãe. Contudo, a personagem dos cinemas é uma mistura de duas esposas de Odin: Frigg e Freya. Na mitologia, Freya é um pouco selvagem, buscando prazer em todos os sentidos. Ela também é a responsável por trazer a magia para os deuses e a humanidade.

6. A maneira que o Thor viaja

a  Marvel Studios/Reprodução 

Nos filmes, o Deus do Trovão viaja de duas formas: voando com o seu martelo ou por meio da Bifrost. Já o Thor da mitologia nórdica é o único que consegue viajar pelos nove reinos sem ajuda, mesmo que isso demande ele atravessar rios ferventes.

Thor também pode voar, mas em uma carruagem puxada por suas duas cabras, Tanngrisnir e Tanngnjóstr. Durante a viagem, Thor tem o costume de matar as cabras, assando-as no fogo para comer. Quando ele termina, reúne seus ossos e os abençoa com seu martelo. De manhã, eles estão inteiros novamente.

5. O universo é totalmente diferente

a  Mega Curioso/Reprodução 

O multiverso do MCU não é nada comparado com o Yggdrasil, a árvore do mundo que mantém o cosmos unidos na mitologia nórdica. Com raízes plantadas em Midgard (Terra), uma em Jotunheim e uma em Hel (o submundo), os galhos da árvore alcançam outros reinos.

Também há uma cobra gigante chamada Jormungand que vive no oceano que cerca Midgard. Jormungand é outro filho de Loki e a lenda diz que ele e Thor estão destinados a matar um ao outro quando Ragnarök finalmente chegar.

4. Odin é mais “intenso”

a  Marvel Studios/Reprodução 

Enquanto a versão apresentada nos filmes da Marvel é mais paternal, na história original Odin é um guerreiro que não vai parar por nada para adquirir todo o conhecimento do universo.

Ele também é cheio de contradições, é o Deus da Guerra e o Deus da Poesia, é o patrono dos governantes e também dos bandidos.

3. Thor e Sif são casados

a  Marvel Studios/Reprodução 

Quem assistiu os filmes da Marvel tem a imagem da Sif como uma guerreira. Na mitologia, não é bem assim. Tirando sua beleza, seus cabelos dourados e que é casada com Thor, não se fala muito sobre ela na história original.

Lembra que Thor ganha a Mjolnir de Loki após uma briga? A discussão aconteceu porque o Deus da Trapaça decidiu raspar os cabelos da Sif enquanto ela estava dormindo.

2. Valquírias não são guerreiras

a  Marvel Studios/Reprodução 

Até agora no MCU, só conhecemos uma Valquíria, apesar de haver mais nos quadrinhos. Na mitologia, elas não são bem guerreiras e sim responsáveis pelas mortes no campo de batalha.

As Valquírias carregam os mortos para Valhalla e decidem quais recebem essa honra. Além de escolher quais são os guerreiros que vão morrer na batalha.

1. Loki é quem causa o Ragnarok

a  Marvel Studios/Reprodução 

Tanto no MCU, quanto na mitologia, Loki é conhecido por suas trapaças. Contudo, na história original, ele leva as coisas a outro nível quando monta uma cadeia de eventos que causa a morte de Baldur, o filho mais amado de Odin.

A lenda diz que o dia em que Loki se libertar da prisão é o dia em que Ragnarok vai acontecer. O Deus da Trapaça irá se juntar com os gigantes, e seus filhos Fenrir e Jormungand irão matar Odin e Thor, respectivamente.

Quer saber como a história do Deus do Trovão vai continuar no MCU? Thor: Amor e Trovão estreia 07 de julho nos cinemas.

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.