Fundação: série do Apple TV+ sugere universo compartilhado com Eu, Robô

Imagem de: Fundação: série do Apple TV+ sugere universo compartilhado com Eu, Robô
Imagem: https://www.apple.com/br/apple-tv-plus/

A série de ficção científica Fundação, inspirada no clássico homônimo escrito por Isaac Asimov, vem movimentando os fãs com a chegada dos dois primeiros episódios, e as teorias sobre o universo compartilhado estão a todo vapor. Isso porque um detalhe relevante na produção indica uma relação com Eu, Robô: a apresentação do androide Eto Demerzel.

Fundação retrata as jornadas épicas de um grupo de humanos por diversas localidades na galáxia, que acabaram esquecendo suas raízes e criando o Império Galáctico, inspirados por uma instituição chamada Fundação Enciclopédica. Com o tempo, mundos baseados na orientação científica e direcionados para a verdade e para a ausência de subterfúgios surgiram, enquanto um destino cruel para a psicohistória é previsto para ocorrer em breve.

Na série, os imperadores são guiados por um androide chamado Eto Demerzel, primeiro-ministro capaz de controlar eventos em seu próprio benefício. O personagem, interpretado por Laura Birn, surge como uma referência importante à Guerra dos Robôs e indica a existência de um elo com a obra Eu, Robô, também escrita por Asimov, já que ele é um dos muitos alter-egos de R. Daneel Olivaw, protagonista recorrente na bibliografia do autor.

A proposta, agora apresentada pelo showrunner David Goyer, daria continuidade aos planos originais de Asimov, que mencionou, em outra oportunidade, a intenção em encaixar vários de seus romances no universo de Fundação. E isso é perceptível se avaliarmos títulos como a Quadrilogia dos Robôs (As Cavernas de Aço, O Sol Desvelado, Os Robôs da Alvorada e Robôs e o Império), além de inúmeros outros contos com Elijah Baley e R. Daneel Olivaw.

Isso indica que a volumosa obra de Asimov poderia resultar em um multiverso imenso para ser explorado pela série do Apple TV+, rendendo temporadas com histórias interconectadas, spin-offs e as primeiras exibições televisivas das tramas mais ricas da ficção científica moderna.