GANTZ: criador não fará mais animes até recuperar os direitos da série

Imagem de: GANTZ: criador não fará mais animes até recuperar os direitos da série
Imagem: Fuji Television

O live-action estadunidense de GANTZ não aparenta estar trazendo somente alegrias para os envolvidos com a produção e, provavelmente, para os fãs do anime. Isso porque o próprio criador da obra, Hiroya Oku, responsável pelos animes e mangás, está dando sinais de estar arrependido em ceder os direitos da série para Hollywood.

Em entrevista para o site Crunchyroll, Oku deixou claro o seu descontentamento com a antiga decisão e confirmou que só poderá produzir novos animes de GANTZ quando Hollywood devolver os direitos da série para ele.

(Fonte: Fuji Television/Reprodução)(Fonte: Fuji Television/Reprodução)Fonte:  Fuji Television 

Empecilho contratual

O contrato assinado com o mundo dos cinemas estadunidense impede que Oku crie novos animes de GANTZ, já que Hollywood acabou ficando com os direitos da série criada pelo japonês.

"Não posso falar sobre todos os detalhes da negociação", disse Oku, "mas uma empresa de Hollywood tem os direitos para adaptar GANTZ no momento e, a menos que eles nos devolvam os direitos, não poderemos fazer uma adaptação em anime ou live-action do mangá", conlcuiu o criador do anime.

Ele ainda comentou, na entrevista para o Crunchyroll, que os contratos de Hollywood são sempre nesse tipo, dando às empresas estadunidenses o direito sobre todas as adaptações, incluindo animes e live-actions. O único tipo de produção que está em posse de Oku são os mangás.

A produção do live-action

Em um outro momento da entrevista, o criador dos mangás também comentou não saber o rumo que o live-action está tomando, já que não foi atualizado ou envolvido na produção pela empresa de Hollywood. Além disso, a própria produção do filme nunca foi confirmada oficialmente por nenhum estúdio estadunidense.

Os rumores que existem é de que os direitos do filme estejam nas mãos da Sony Pictures Enternainment. Outro boato é de que Marc Guggenheim, produtor e roteirista de Arrow e Legends of Tomorrow, estaria envolvido na produção.

Fontes