O que vem por aí no evento para desenvolvedores Microsoft Build 2017

2 min de leitura
Imagem de: O que vem por aí no evento para desenvolvedores Microsoft Build 2017
Fonte: Windows Central
Avatar do autor

A conferência para desenvolvedores Microsoft Build sempre é muito aguardada, não somente pelos profissionais como também pelos consumidores, já que várias das novidades anunciadas durante o evento estarão nas prateleiras na próxima temporada. A edição 2017 acontece entre esta quarta-feira (10) e sexta-feira (12), em Seattle, e a maior expectativa fica com relação à nova grande atualização do Windows 10. Abaixo, algumas das previsões:

Versão Redstone 3 do Windows 10

A Microsoft prometeu fazer grandes ajustes em seu maior sistema operacional a cada seis meses. Como a Creator’s Update já vem sendo utilizada e foi batizada de Redstone 2, a expectativa é de que a companhia dê uma pincelada do que vem por aí para a Redstone 3.

Possível novo visual da interface do usuário do Windows 10

Em fevereiro, a gigante de Redmond anunciou uma revisão na interface do usuário, chamada Project Neon, que promete animações mais suaves e iconografia moderna, com direito a transparências e menus dinâmicos. Esperam-se mais detalhes a respeito, assim como a possibilidade de a próxima atualização trazer melhorias para a bateria e mais recursos para o navegador Edge.

Windows 10 S e Windows Store

Com a chegada da versão light Windows 10 S, é de se esperar que os desenvolvedores apresentem conceitos de projetos para otimização de aplicações e soluções para o ambiente do novo sistema operacional, que atua totalmente integrado à loja virtual da Microsoft.

Window 10 S, que tem foco na agilidade

Por isso, uma das grandes questões nesta edição do evento para profissionais é até que ponto os próximos produtos dessa linha serão totalmente dedicados ao novo público — e com foco na educação — e se haverá ferramentas multiplataformas, por exemplo.

Office, Cortana e realidade mista

A conferência pode trazer mais informações sobre versões completas e ferramentas do Office na Windows Store, principalmente porque a suíte tem papel importante no Windows 10 S. Com relação à Cortana, há a possibilidade de demonstrações da assistente digital programando lembretes, controlando dispositivos da Internet das Coisas e realizando outras tarefas.

São aguardadas também mais recursos para a Cortana

Uma das frentes de maior investimento da Microsoft é a de realidade mista, especialmente com os vários periféricos dedicados à realidade virtual sendo lançados neste ano. É possível que vejamos algo relacionado à integração entre apps já existentes para o manuseio no cotidiano com a ajuda desses gadgets.

Bem, as respostas sobre essas projeções só teremos amanhã e, assim que elas forem anunciadas, nós levamos até você por aqui no TecMundo.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
O que vem por aí no evento para desenvolvedores Microsoft Build 2017