O sistema operacional aceita apenas o Microsoft Edge como seu navegador-padrão e isso é impossível de ser alterado

Quem ficou animado com o recém-revelado Windows 10 S pode ter uma decepção com algumas limitações feitas pelo sistema operacional. O programa, que é uma versão mais simples do Windows 10, preza por um melhor desempenho e segurança, e permite o uso apenas de aplicativos da loja do Windows, sem ter como o usuário acessar outros softwares.

Como se não bastasse essa limitação, o sistema operacional aceita apenas o Microsoft Edge como seu navegador-padrão e isso é impossível de ser alterado. Você pode utilizar outros navegadores desde que estejam publicados na Windows Store, mas em nenhum momento é possível torná-lo o browser principal do Windows 10 S.

Microsoft Edge: navegador-padrão que não pode ser mudado

Navegador-padrão 

Caso você aceite utilizar o Edge ou mesmo o Internet Explorer como seu navegador-padrão, há outro problema pela frente: a ferramenta de busca básica desses browsers é – como esperado – o Bing, da Microsoft. O problema é que isso também não pode ser alterado e você é obrigado a usar esses programas com o Bing como ferramenta de procura fixa.

Isso é uma maneira mais segura de usar o Windows 10 S, visto que apenas programas autorizados pela loja do Windows podem ser instalados

Para a Microsoft, isso é uma maneira mais segura de usar o Windows 10 S, visto que apenas programas autorizados pela loja do Windows podem ser instalados e só os navegadores da empresa podem ser definidos como padrão. Só assim eles podem garantir segurança e desempenho no sistema operacional.

Vale aguardar para ver como vai ser a recepção da nova versão do Windows 10 e se essas limitações não vão incomodar os usuários que prezam por uma maior liberdade em seus computadores.

Cupons de desconto TecMundo: