Apps não oferecem boas condições de trabalho, revela pesquisa

1 min de leitura
Imagem de: Apps não oferecem boas condições de trabalho, revela pesquisa
Imagem: Shutterstock

Aplicativos como iFood, Uber, 99, Rappi e GetNinjas não oferecem boas condições de trabalho para os parceiros no Brasil. É o que aponta uma pesquisa conduzida pelo Oxford Internet Institute, em parceria com o WZB Berlin Social Science Centre, abrangendo 27 países.

O levantamento, divulgado pela BBC na quinta-feira (17), mostra que nenhuma das plataformas atuantes no mercado nacional obteve nota superior a 2 pontos, em um ranking que vai de 0 a 10. Critérios como remuneração, contratos, gestão, condições de trabalho e representação foram analisados pelo estudo.

No Brasil, as maiores notas ficaram com os apps iFood e 99, cada um deles com 2 pontos, enquanto a Uber aparece na sequência, com 1 ponto. Já o GetNinjas, a Rappi e o Uber Eats tiraram nota 0 — lembrando que a plataforma de entrega de alimentos da Uber encerrou as atividades recentemente no país.

De acordo com a pesquisa, as condições de trabalho oferecidas pelos apps no mercado nacional são semelhantes às de outros países da América Latina, como Chile e Equador. Por outro lado, as notas ficaram muito distantes das registradas na Europa, Ásia e África, onde as plataformas obtiveram de 7 a 8 pontos, em média.

Projeto Fairwork Brasil

No Brasil, o levantamento teve a participação de várias instituições, como a Universidade de São Paulo (USP) e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Elas fazem parte do projeto Fairwork, criado pela Universidade de Oxford, no Reino Unido.

O grupo colheu dados sobre os aplicativos por meio de pesquisa documental, evidências apresentadas pelas próprias empresas e entrevistas com motoristas de app, motoboys e prestadores de serviço, entre outros trabalhadores.

Para calcular a nota, cada um dos cinco critérios analisados foi dividido em dois pontos, um básico e um avançado, mas o último só era concedido quando cumprido o primeiro.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes