Tarantino confirma lançamento de NFTs baseadas em Pulp Fiction

1 min de leitura
Imagem de: Tarantino confirma lançamento de NFTs baseadas em Pulp Fiction
Imagem: Miramax
Avatar do autor

Há algumas semanas, o diretor Quentin Tarantino foi processado pelo estúdio cinematográfico Miramax após revelar sobre o lançamento de tokens não fungíveis (NFTs) baseados no clássico do cinema Pulp Fiction (1994). Agora, mesmo após o processo, o diretor confirmou o lançamento das artes digitais.

Os tokens estão sendo desenvolvidos com ajuda da SCRT Labs e serão secretos, já que usam uma tecnologia onde apenas os detentores dos NFTs poderão visualizar o conteúdo. É importante destacar que as artes não são cenas em vídeo do longa-metragem, apenas imagens do roteiro que foram retiradas do filme— além disso, o NTF contará com uma narração do trecho na voz de Tarantino.

“[Isso] poderia enganar outras pessoas fazendo-as acreditar que têm o direito de buscar negócios ou ofertas semelhantes, quando, na verdade, a Miramax detém os direitos necessários para desenvolver, comercializar e vender NFTs relacionados à sua biblioteca de filmes”, revelou o estúdio.

O registro para a lista de espera começa no dia 10 de janeiroO registro para a lista de espera começa no dia 10 de janeiroFonte:  Tarantino 

Lançamento em breve

De acordo com informações de uma porta-voz da Miramax, o diretor enviou uma resposta para o estúdio de cinema e uma conferência no tribunal já foi agendada para o dia 24 de fevereiro de 2022.

“A natureza secreta da tecnologia tornou as coisas mais complicadas, com certeza. Mas Quentin tem os direitos e nós sabíamos que ele tinha os direitos o tempo todo, então estamos ansiosos para seguir em frente com o apoio dele”, revelou o CEO da SCRT Labs, Guy Zyskind.

Conforme revelado por Tarantino, os tokens não fungíveis de Pulp Fiction serão lançados entre os dias 17 e 31 de janeiros e, possivelmente, serão sete NFTs com diferentes cenas excluídas do roteiro final.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.