Oppo faz corte de funcionários após incorporar a OnePlus

1 min de leitura
Imagem de: Oppo faz corte de funcionários após incorporar a OnePlus
Imagem: Oppo
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Uma das fabricantes chinesas que desafia a hegemonia das empresas tradicionais de eletrônicos realizou um corte de funcionários de grandes proporções. Segundo uma reportagem da Bloomberg que ouviu "pessoas familiarizadas com o assunto", a Oppo reduziu em 20% o seu quadro de colaboradores recentemente.

De acordo com a publicação, os cortes foram realizados em vários segmentos da empresa, mas duas divisões foram especialmente afetadas: o setor de Internet das Coisas, responsável também por fones de ouvidos e relógios inteligentes, e o da inteface ColorOS, desenvolvida para rodar por cima do sistema operacional Android.

Por que isso aconteceu?

Não se sabe exatamente o motivo da redução, mas uma hipótese é a reestruturação interna após a união de forças com a OnePlus, outra fabricante de dispositivos que atua sob o mesmo conglomerado, a BBK Electronics. A integração envolve a unificação de divisões de hardware e pesquisa & desenvolvimento, o que pode ter gerado redundâncias no quadro de funcionários.

Entretanto, algumas fontes especulam que a ação é fruto de uma expansão que ocorreu rápido demais e de forma desordenada: a marca fez contratações em excesso e não foi capaz de colher todos os frutos no segmento de smartphones premium, especialmente na briga contra a Apple.

Atualmente, a companhia chinesa é a quarta maior fabricante de smartphones do mundo, com uma fatia de aproximadamente 10% do mercado. Questionada pela Bloomberg, a Oppo não comentou oficialmente o caso.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.