Google é alvo de mais uma investigação antitruste na Europa

1 min de leitura
Imagem de: Google é alvo de mais uma investigação antitruste na Europa
Avatar do autor

A Comissão Europeia abriu uma investigação antitruste oficial contra o Google nesta terça-feira (22). A representante dos interesses da UE busca analisar se a gigante da web violou regras de competitividade da organização em seu negócio de anúncios online. Mais especificamente, o órgão quer saber se a empresa de tecnologia está impondo barreiras no mercado para atrapalhar seus competidores de publicidade gráfica digital, como limitar o acesso aos dados de usuários.

Portais de notícias e blogs dependem da publicidade gráfica digital para financiar seus conteúdos, muitas vezes gratuitos. O Google oferece serviços de propagandas que realizam essa "comunicação" entre o site e companhias que querem divulgar seus produtos.

A investigada é a maior empresa de publicidade digital do mundo, lucrando até US$ 147 bilhões em 2020, quase R$ 735 bilhões em conversão direta. Em grau de comparação, o Facebook ficou em segundo lugar e obteve cerca de US$ 83 bilhões, aproximadamente R$ 414 bilhões, no mesmo ano.

Google é conhecido por comprar a competição

A comissão determinará se o Google está deixando o acesso aos dados de visitantes "exclusivo" aos seus serviços, impossibilitando a competitividade nessa área.

Na última década, o Google eliminou sua competição nesse ramo através de aquisições diretas, como a compra da DoubleClick, AdMob e AdMeld. Outras decisões recentes também serão investigadas, incluindo a intenção de substituir os cookies pelo sistema inteligente FLoC, que já foi caracterizado pelo pesquisador Bennet Cypher, da ONG Eletronic Frontier Foundation, como "uma caixa preta de machine learning".

Novos regulamentos do uso da internet na UE podem combater práticas consideradas anticompetitivas.Novos regulamentos do uso da internet na UE podem combater práticas consideradas anticompetitivas.Fonte:  Reprodução/Marcus Spiske 

Esta é a quarta investigação antitruste realizada contra o Google pela União Europeia na última década. A empresa já teve que desembolsar 8 bilhões de euros em multas, quase R$ 47 bilhões em conversão direta.

Não há uma data específica para a divulgação do resultado dessa investigação. Tudo irá depender da cooperação do Google, a complexidade do caso e o número de fatores envolvidos. Você pode conferir a lista completa de práticas que serão verificadas no site oficial da UE.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.
Google é alvo de mais uma investigação antitruste na Europa