Google encerra programa de estágios após protesto de participantes

1 min de leitura
Imagem de: Google encerra programa de estágios após protesto de participantes
Imagem: Shannon Stapleton/Reuters
Avatar do autor

O Google revelou nesta terça-feira (22) uma notícia que pode ser um balde d’água nas pretensões de estudantes do mundo inteiro que sonham em trabalhar na maior empresa de tecnologia do planeta. A empresa de Moutain View decidiu encerrar seu tradicional programa de estágio para engenheiros iniciantes.

Segundo a Reuters, o anúncio ocorreu depois que diversos participantes reclamaram que a gigante da tecnologia impôs “desigualdades salariais sistêmicas”, em uma correspondência interna à qual a agência britânica de notícias teve acesso. No ano passado, o Google assumiu um compromisso de aumentar a quantidade de funcionários sub-representados em 30% até 2025.

Agora, a multinacional divulgou um comunicado, confirmando que o atual programa de Residência em Engenharia será substituído por uma nova iniciativa, e que a empresa está "sempre avaliando os programas para garantir que eles evoluam e se adaptem com o tempo para atender às necessidades de nossos funcionários".

O fim do "Eng Res"

Fonte: Medium/ReproduçãoFonte: Medium/ReproduçãoFonte:  Medium 

Chamado de “Eng Res”, o programa de residência do Google existe desde 2014, e deu oportunidades a milhares de recém-graduados para trabalhar em diversas equipes, receber treinamento e se qualificar para um emprego permanente após um ano. Esses estudantes não apenas se tornaram o “grupo mais diversificado” de engenheiros de software da empresa, como também um grupo coeso.

Foi dessa forma que esse time de “sub-representados” decidiu, em junho de 2020, redigir uma carta para a administração, assinada segundo a Reuters por mais de 500 residentes. Eles reclamavam que, em comparação com os demais engenheiros de software, sua remuneração e bônus de final de ano eram muito inferiores para o seu nível de emprego, algo “da ordem de dezenas de milhares de dólares”.

Assinado pela vice-presidente Maggie Johnson, um email foi enviado aos alunos, afirmando que o Google iria substituir a residência por um novo programa a partir de 2022, chamado Early Career Immersion (ECI), que também incluiria orientação e treinamento. A mensagem não revelou, no entanto, os motivos da mudança.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes

Google encerra programa de estágios após protesto de participantes