Apple quase dobra venda de MacBooks no começo de 2021

1 min de leitura
Imagem de: Apple quase dobra venda de MacBooks no começo de 2021
Imagem: Reprodução
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Dados da Strategy Analytics revelam que, no primeiro trimestre de 2021, a Apple vendeu cerca de 5,7 milhões de MacBooks, um crescimento de 94% em relação ao mesmo período no ano passado, em que comercializou 2,9 milhões de unidades. Tais resultados a colocam em quarto lugar dentre as fabricantes de notebooks que mais se destacaram no mundo.

Outras informações detalham a presença da empresa da Maçã no segmento. No período, ela teve participação de 8,4%, frente a 7,8% em 2020, concorrendo com nomes como Lenovo (23,9%), HP (22,6%) e Dell (14,6%). Falando de sistemas operacionais, o macOS respondeu por 8,4%, o Windows por 73% e o Chrome OS por 17,7%.

Empresa da Maçã ficou em quarto lugar dentre as fabricantes de notebooks.Empresa da Maçã ficou em quarto lugar dentre as fabricantes de notebooks.Fonte:  Reprodução 

Fenômeno global

Vale lembrar os números citados são estimativas geradas pelas próprias métricas da Strategy Analytics, uma vez que a Apple não informa remessas individuais em seus relatórios.

De todo modo, modelos como MacBook Pro de 16 polegadas, MacBook Pro de 13 polegadas e MacBook Air, assim como algumas atualizações de equipamentos, fazem parte da linha da big tech. O relatório não o cita diretamente, mas o aumento pode se dar pelo lançamento de novos Macs com o chip proprietário M1.

Por fim, não foi apenas a Apple que experimentou um crescimento expressivo — atingindo, segundo ela, US$ 9,1 bilhões no segundo trimestre (70,1% a mais na comparação ano a ano).

No total, remessas de notebooks se expandiram 81%, fenômeno que a Strategy atribuiu ao home office e à probabilidade de que as empresas mantenham um modelo híbrido à medida que as restrições à pandemia diminuem.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.
Apple quase dobra venda de MacBooks no começo de 2021