Jack Ma, cofundador da Alibaba, ressurge após 3 mês sem ser visto

1 min de leitura
Imagem de: Jack Ma, cofundador da Alibaba, ressurge após 3 mês sem ser visto
Imagem: Time Magazine/Reprodução
Avatar do autor

O fundador do Alibaba, Jack Ma, foi visto após três meses sem aparecer em público. Seu sumiço, que gerou muitas especulações, foi encerrado nesta quarta-feira (20) com uma participação na cerimônia virtual do Rural Teacher Initiative. O evento, que ocorre anualmente na cidade turística de Sanya, é realizado pela Fundação Jack Ma para celebrar as atividades dos professores rurais que recebem seu apoio financeiro.

Com a notícia de seu reaparecimento, as ações da Alibaba listadas em Hong Kong subiram mais de 8%, após apresentarem uma tendência de queda. No final de dezembro, órgãos de fiscalização da China iniciaram uma investigação contra a empresa por supostas práticas de monopólio — o que afetou seu desempenho no mercado financeiro.

Jack Ma perde oferta pública da China

a  Aly Song via Reuters/Reprodução 

A investigação foi anunciada algumas semanas após a China retirar sua oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) do Ant Financial Services Group, afiliada de tecnologia financeira do Alibaba e detentora da maior plataforma de pagamentos do país, o Alipay. Segundo especialistas, a oferta atingiria US$ 34 bilhões.

Além disso, o governo chinês também ordenou que a afiliada reduzisse suas operações no Alipay, sob justificativa de que sua governança corporativa “não era sólida”. As novas regras do governo chinês foram implementadas após Jack Ma criticar o sistema regulatório financeiro do país em uma conferência em Xangai que aconteceu em outubro. Desde então, o bilionário ficou longe dos holofotes, o que gerou algumas preocupações sobre o seu paradeiro.

News de tecnologia e negócios Deixei seu email aqui, e welcome to the Jungle.

Fontes

Jack Ma, cofundador da Alibaba, ressurge após 3 mês sem ser visto