50% do mercado de smartwatches é da Apple em termos de receita

1 min de leitura
Imagem de: 50% do mercado de smartwatches é da Apple em termos de receita
Imagem: Unsplash
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Apple ampliou a liderança do mercado global de smartwatches, aumentando a sua fatia de mercado em 2% no terceiro trimestre de 2020, em comparação com o mesmo período do ano passado. A Maçã também já abocanha quase metade de todo o dinheiro gasto por consumidores com relógios inteligentes. Os números estão na nova pesquisa divulgada pela Counterpoint Research nessa quarta-feira (9).

Segundo a empresa, a gigante de Cupertino agora possui 28% do mercado de relógios inteligentes, participação que era de 26% no terceiro trimestre de 2019. O ganho pode ter sido influenciado pelo lançamento do Apple Watch SE, que chegou às lojas no período. A versão intermediária, mais barata, foi bem recebida pelos consumidores, conforme a Counterpoint.

Na segunda posição aparece a Huawei, que conseguiu se manter na vice-liderança graças ao bom desempenho dos seus últimos modelos lançados, de acordo com a pesquisa, especialmente as versões destinadas às crianças. A gigante chinesa detém 15% de participação.

O Apple Watch SE foi lançado recentemente.O Apple Watch SE foi lançado recentemente.Fonte:  Apple/Divulgação 

A Samsung fecha o pódio, aumentando sua presença, agora com 10% do mercado. A marca sul-coreana ultrapassou a chinesa BBK, que caiu para a quarta colocação (7%), enquanto a Fitbit e a Amazfit aparecem na sequência, com 6% e 5%, respectivamente.

Recorde de receitas

Outro dado revelado pela pesquisa é que a liderança da Apple se torna ainda mais forte em relação às receitas obtidas com os smartwatches. No terceiro trimestre, a marca arrecadou US$ 2,3 bilhões em vendas de relógios inteligentes, um aumento de 18% em comparação com 2019, quantia que representa quase a metade das remessas globais do dispositivo.

Neste quesito, a Samsung é a segunda colocada, apesar de ter estagnado desde o início da pandemia do novo coronavírus. Ainda assim, suas receitas cresceram 59% no terceiro trimestre, após o lançamento do Galaxy Watch 3.

Já com relação às regiões, a China se tornou a líder do mercado de smartwatches, superando a América do Norte após sete trimestres. Vale destacar também o crescimento da Índia, com números maiores que os da América Latina, Oriente Médio e África.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.
50% do mercado de smartwatches é da Apple em termos de receita