NVIDIA passa Intel e vira empresa de chips mais valiosa dos EUA

1 min de leitura
Imagem de: NVIDIA passa Intel e vira empresa de chips mais valiosa dos EUA
Imagem: NVIDIA
Avatar do autor

A NVIDIA ultrapassou a Intel em valor de mercado e, ao menos por enquanto, é a maior empresa de chips dos Estados Unidos nesse quesito. A informação é da agência de notícias Reuters.

A movimentação aconteceu no fim desta quarta-feira (08), quando a NVIDIA teve aumento de 2,3% no preço das ações e chegou ao valor de mercado de US$ 251,3 bilhões. Isso foi suficiente para deixar a rival para trás: a Intel fechou o dia com uma soma aproximada de US$ 248,1 bilhões.

O momento em que o valor de mercado da NVIDIA faz a ultrapassagem.O momento em que o valor de mercado da NVIDIA faz a ultrapassagem.Fonte:  Refinitiv Datastream 

A NVIDIA está em alta durante a pandemia do novo coronavírus principalmente pelos investimentos em datacenters, que recebem cada vez mais demanda pela quantidade de pessoas que agora trabalham ou estudam em regime de distanciamento social. Além disso, ela tem mais projetos para os próximos anos, incluindo veículos autônomos e inteligência artificial. Só em 2020, o preço das ações subiu 68% comparado com a queda de 3% no caso da Intel.

Outro fator importante é que ela não fabrica os próprios chips, terceirizando a produção para a TSMC.

O que isso significa?

A primeira colocação da NVIDIA deve ser comemorada, afinal significa que o mercado está confiante no desempenho da empresa e acredita em um potencial de crescimento ainda maior.

Entretanto, é preciso ressaltar que isso não quer dizer que ela é a maior fabricante dos EUA em todos os sentidos: a Intel ainda gera uma receita muito maior em vendas, por exemplo; por outro lado, apresenta dificuldades para expandir o mercado e se recuperar depois de movimentações controversas, como a tentativa de entrar no mercado de chips para smartphones.

Além disso, como nota o site Techspot, há outra rival no setor: a também norte-americana AMD. Atualmente, ela tem valor de mercado bastante abaixo das outras duas (US$ 62,5 bilhões), mas apresenta um desempenho cada vez melhor no segmento de processadores.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
NVIDIA passa Intel e vira empresa de chips mais valiosa dos EUA