Os planos do Google para uma possível tela inteligente estavam mornos, mas aqueceram novamente após um executivo da empresa comentar sobre essa possibilidade durante uma entrevista. Rishi Chandra, responsável pela linha de itens para casa da empresa, deixou bem claro que a companhia pode criar um produto do tipo no futuro.

A informação foi dada enquanto ele falava sobre o que motivou a empresa a trabalhar com outras companhias para integrar o Google Assistente a mais dispositivos em vez de criar seu próprio aparelho. “É uma categoria emergente. Eu não estou dizendo que nós não iremos fazer algo do tipo”, disse Chandra. Para ele, o mercado de caixas de som está crescendo e as assistentes serão parte importante dessa experiência.

Uma possível tela inteligente do Google iria concorrer diretamente com o Amazon Echo Show.

O objetivo, de acordo com ele, seria criar algo considerado essencial para os moradores da casa. Chandra admite que os produtos lançados pela empresa até o momento ainda não atingiram essa expectativa e que eles devem buscar produzir algo que será utilizado diariamente.

O executivo também falou que o Google continua investindo no que ele chama de “som inteligente”, nome dado para tecnologias que utilizam inteligência artificial para melhorar a qualidade do som de um aparelho. Um exemplo seria o Google Home Max, que otimiza o áudio especificamente para o cômodo onde ele foi colocado.

Uma possível tela inteligente do Google iria concorrer diretamente com o Amazon Echo Show, que vem com a assistente Alexa. O produto é alvo de uma briga constante entre as duas empresas desde que o Google decidiu remover o aplicativo do YouTube da plataforma.

Cupons de desconto TecMundo: