A Google confirmou hoje (4) a chegada do Google Home Mini, já bastante antecipado desde o final do mês passado, mas trouxe também uma novidade à sua família de speakers inteligentes. Trata-se do Google Home Max, uma caixa de som potente e criada para fazer barulho, com recursos avançados de hardware e software.

O dispositivo traz suporte para Google Assistente, ou seja, aceita comandos de voz para iniciar ou interromper uma reprodução, entre outras coisas. Além disso, ele pode ser conectado a outros aparelhos tanto por meio de cabos quanto via Bluetooth. O aparelho conta com design premium e base magnética para ser posicionado com mais segurança sobre superfícies metálicas.

Google Home MaxNovo Google Home Max foi anunciado na tarde de hoje (4).

Construído em policarbonato, o Google Home Max traz tweeters de 0,7 polegadas e dois woofers de 4,5 polegadas com bobina dupla e alta excursão. Um sistema de vedamento, dois alto-falantes de alta frequência personalizados de 18 mm e uma tampa coberta de tela de transparência acústica complementam essa belíssima peça.

O grande trunfo aqui, porém, é o Smart Sound, "uma nova experiência sonora oferecida pela inteligência artificial da Google", garante a empresa. O Home Max conta cainda com microfones com reconhecimento de voz a longa distância e entradas USB-C e plugue de 3,5 milímetros. O dispositivo traz ainda botões invisíveis nas laterais para aumentar e diminuir o volume, bem como um botão central para iniciar/interromper uma reprodução e iniciar o Google Assistente.

O Google Home Max chega primeiramente aos Estados Unidos, sem previsão de lançamento em outros países. Lá, ele está disponível nas cores off-white e carvão por US$ 399 com direito a um ano de assinatura gratuita do YouTube Music. A pré-venda do dispositivo começa no dia 13 de novembro.

Cupons de desconto TecMundo: