LG vem tomando todo o cuidado para que seu novo flagship, o smartphone G6, chegue às prateleiras com uma dose extra de segurança. De acordo com a empresa, a sul-coreana vem realizando testes para evitar problemas como os explosivos aparelhos Galaxy Note 7, da Samsung.

Além das tradicionais avaliações de temperatura, a companhia incorporou uma tecnologia tubular interna que permite dissipar o calor do aparelho a partir de um pequeno cano de cobre — algo normalmente presente em grandes máquinas. A ideia é desviar o aquecimento do processador de aplicações (Applications Processor, ilustrado na imagem abaixo) e mantê-lo distante de áreas indesejadas.

Pequeno tubo de cobre deve dar conta de dissipar o calor na área interna do aparelho

“Queremos melhorar muito a qualidade e a segurança de nosso novo smartphone top de linha, já que a cada dia mais consumidores procuram por aparelhos seguros”, confirmou Lee Seok-jong, da divisão móvel da LG.

E os experimentos para analisar o limite do dispositivo vão longe: de enfiar pregos afiados a esquentá-lo ao extremo, até jogá-lo de lugares muito altos. A expectativa é de que o G6 seja anunciado no Mobile World Congress, em Barcelona, entre os dias 27 de fevereiro e 2 de março.

Cupons de desconto TecMundo: