A maior fabricante de desktops do mundo, a Lenovo também decidiu embarcar na onda das “caixas de som inteligentes” — encabeçada pelo Amazon Echo — em sua participação na CES 2017. Nesta terça-feira (3) a companhia revelou seu Smart Assistant, que usa o assistente de voz Alexa (da Amazon) para facilitar a realização de tarefas cotidianas e proporcionar a integração com aparelhos pertencentes à categoria Internet das Coisas.

As semelhanças com o Echo vão desde a parte visual até a maneira como o gadget funciona: usando comandos de voz, você pode conferir notícias, iniciar a reprodução de músicas e configurar alarmes, entre outras opções. As diferenças surgem nos esquemas de cores oferecidos, que incluem opções em verde, cinza ou laranja.

O microfone do Assistant também possui um design distinto, surgindo na parte superior do aparelho — algo que a Lenovo afirma ajudar no resfriamento dos componentes internos, que tem como “coração” um processador Intel Atom. A companhia também investiu na qualidade sonora e oferece uma variação do produto equipada com caixas de som da Harman Kardon, o que deve agradar a quem faz questão de ter uma ótima experiência auditiva.

Concorrente promissor

O que ainda está incerto é o desempenho oferecido pelo software do gadget. Segundo a Lenovo, o Smart Assistant vai poder ser configurado a partir de aplicativos disponíveis para iOS e Android, mas a empresa não entrou em detalhes sobre quais vão ser os recursos oferecidos por ele.

O visual do Assistant é bastante parecido com o do Amazon Echo

O novo concorrente do Echo tem lançamento programado para maio deste ano, sendo que sua versão mais convencional deve custar US$ 130 (R$ 427). Já aqueles que desejam apostar no modelo com caixas acústicas da Harman Kardon vão ter que investir US$ 180 (R$ 592), mesmo valor cobrado pelo produto da Amazon.

Cupons de desconto TecMundo: