O último modelo do iPhone, o iPhone 6s, foi lançado há uma semana e, por sorte para a Apple, ainda não rolou nenhum escândalo envolvendo defeitos graves no aparelho. Sim, foram reportados alguns casos de superaquecimento relacionados à câmera e até mesmo casos de dispositivos que pararam de funcionar inesperadamente e entram em loop de reinicialização, mas esses defeitos não se comparam ao escândalo do "bendgate" que acompanhou o iPhone 6.

Embora muitos críticos da marca afirmem que a companhia não se posiciona abertamente sobre defeitos em seus produtos, a verdade é que a Maçã investe pesado em um time especializado que trabalha de maneira intensa especialmente em épocas de lançamento para resolver problemas diversos.

O departamento, chamado early field failure analysis, geralmente recebe os primeiros gadgets defeituosos poucas horas após o início das vendas. Lá, os próprios engenheiros que projetaram os dispositivos tentam descobrir os problemas e então bolar uma solução.

No canso do iPhone 6s, alguns dos inconvenientes reportados foram solucionados através de atualizações de software – o que pode explicar a liberação repentina e inesperada do iOS 9.0.1 e 9.0.2. De qualquer forma, ainda é cedo para afirmar que o iPhone 6s foi o lançamento mais tranquilo da Apple, já que novos problemas devem aparecer nas próximas semanas.

Cupons de desconto TecMundo: