Recentemente divulgamos a notícia que contava como os novos iPhone 6 e iPhone 6 Plus estão sendo enviados de seu lugar de produção até onde serão comercializados nos Estados Unidos. A situação emergencial fez com que a Apple deixasse de lado os navios cargueiros e optasse por aviões para transportar a preciosa carga.

Outra notícia relevante é o fato de a companhia ter vendido 4 milhões (e não 16 milhões como alguns diziam) de aparelhos apenas no primeiro dia de pré-venda. Os bons números dos dispositivos acabaram refletindo na Foxconn, empresa que fabrica a maioria dos smartphones encomendados pela Apple.

“Nós estamos produzindo 140 mil iPhone 6 Plus e 400 mil iPhone 6 todos os dias, a maior produção diária já registrada em nossa empresa, mas o volume ainda não é suficiente para satisfazer as encomendas antecipadas”, diz uma fonte anônima da companhia. “Para o iPhone 6 Plus nós ainda estamos aumentando a linha de produção. A fabricação limitada desse modelo se dá pela falta de telas de 5,5 polegadas fornecidas”.

Fontes indicam que a Foxconn é a responsável por fabricar todos os modelos do iPhone 6 Plus e a maior parte do que é produzido da versão menor de 4,7 polegadas. Ao todo, são 100 linhas de montagem da companhia que está correndo contra o relógio para entregar todos os pedidos até o dia 19 de setembro, data oficial de lançamento dos smartphones da Apple.

Cupons de desconto TecMundo: