A internet é uma ferramenta que não apenas diminui as distâncias entre pessoas, mas também faz com que a vida se torne mais simples. Afinal, nada melhor do que pagar contas sem sair de casa, comprar utilidades com um clique do botão ou ainda encontrar qualquer informação com uma simples busca rápida.

Entretanto, navegar na internet também requer cuidados, já que os perigos também existem por ali, sem que você nem mesmo se dê conta. As suas informações podem ser usadas por terceiros de formas ilícitas, fazendo com que você ou sua família sejam prejudicados durante o processo.

Cuidado com os espertinhos da web

Portanto, vale a pena seguir algumas dicas básicas, que podem evitar contratempos quando você passeia pela web. Confira a seguir algumas informações que você nunca deve divulgar por aí, garantindo a segurança enquanto navega em qualquer site.

Documentos, só na carteira!

Atualmente, boa parte dos sites pede que você faça cadastros para acessar os conteúdos ali contidos. Todavia, é preciso ficar de olho para não fornecer os números completos de documentos. Os dígitos do CPF, RG e título de eleitor ficam muito melhor guardados na carteira do que expostos a qualquer “espertinho” de plantão que habite a web.

Claro, alguns sites de compras requerem o preenchimento de informações do gênero. Entretanto, nesses casos, é melhor não adquirir um produto mais barato do que entregar de bandeja os dados para quem os usará de forma imprópria.

Fique sempre de olho se o site que você acessa é seguro, pesquise pela reputação de serviços na web e previna-se antes de fornecer qualquer dado documental. Confira ainda se aquele site mantém seus dados seguros, caso seja necessário preenchê-los para adquirir um produto ou realizar qualquer transação.

Lugar de cartão é na carteira!

(Fonte da imagem: Lotus Head/WikiCommons)

Aliás, junto com essa dica é bom reforçar: o número do seu cartão de crédito também fica na carteira! Pode parecer bobagem sublinhar esse fato, contudo ele é importantíssimo, já que diversas compras podem ser realizadas na internet (e na vida) apenas com seu nome completo e os dados do cartão.

Você é o seu nome

Assim como os dados pessoais, fornecer o nome completo não apenas seu, mas de pais e filhos pode ser perigoso. Com isso, qualquer pessoa é capaz de realizar ligações, usando nomes conhecidos para confirmar a veracidade dos dados.

Da mesma forma, é uma boa pedida não marcar fotografias e não indicar os laços de parentesco que une você a outras pessoas de redes sociais, por exemplo. Assim, ninguém pode usar essas relações para realizar trotes ou conhecer mais sobre sua vida sem, de fato, querer ser seu amigo.

Vai um emprego aí?

Enquanto estar sempre disponível para novas oportunidades de trabalho é uma boa pedida nos dias de hoje, detalhes completos de currículos podem trazer oportunidades únicas para estelionato.

Sem detalhes completos para arrumar trabalho

Quando você mantém informações sobre empregos, abre uma brecha imensa para que uma pessoa qualquer use os dados para realizar operações de empréstimo ou usar seu nome para outras atividades ilícitas.

Quando estiver procurando emprego, divulgue seus dados apenas em locais especializados e redes sociais feitas para isso. Depois de conseguir aquele emprego disponível apenas para pessoas descoladas que usam a internet de forma correta, não se esqueça de apagar seus dados mais específicos, evitando problemas.

Passe lá em casa...

Além dos dados pessoais, proteger o local que você mora também deve acontecer na web. Portanto, nada de divulgar seu endereço em redes sociais como o Facebook, Twitter ou qualquer outro local.

O Foursquare, por exemplo, é uma ótima ferramenta que deve ser usada com moderação. Mesmo que você queira ser o “mayor” da sua casa, deixar o nome e número da residência disponível para qualquer um não é uma boa alternativa.

Não deixe informações de endereço por aí

Da mesma forma, o seu número de telefone também deve ser mantido privado, evitando ligações indesejadas de oportunistas de plantão. Todos esses dados combinados são um prato cheio para quem quer saber mais sobre a sua vida, e não para que mandem presentes pelos correios para você.

Mania de perseguição, eu? Imagine!

Se alguém disser para você que todas essas dicas nada mais são do que seu lado neurótico e preocupado tomando conta, não dê atenção. O que vale mesmo é se manter seguro e prevenir o melhor possível que alguém use suas informações.

Uma boa pedida é sempre manter o bom senso na hora de divulgar seus dados. Você pode compartilhar dados pela internet, claro. Entretanto, nada de deixar suas referências sobrando por aí, sem que você saiba qual será o destino final de cada uma delas, ou como elas serão usadas.

Cupons de desconto TecMundo: